sábado, 19 de março de 2016

Idols, de um extremo a outro: do Mtopi ao AKB48

Hora de fazer um report dos dias 12 e 13 do mês passado, quando fui a dois eventos idols BEM distintos. Na sexta-feira, aproveitei que saí cedo do serviço e ao invés de tomar o trem direto para casa, segui até Shinjuku. No pequeno Club Science, um daqueles muquifos underground clássicos (fica no subsolo do prédio da terceira foto abaixo. com entrada um tanto quanto escondida. no quarteirão ao lado, como ponto de referência, fica o tal de Samurai Museum, inaugurado a poucos meses atrás. talvez eu passe por lá algum dia), com capacidade para 300 pessoas (não parece. tendo visitado o local pela primeira vez, eu chutaria um pouco mais de cem... só se contaram a lotação máxima incluindo hall de entrada, escadaria, calçada do lado de fora... =P ), ocorreu o terceiro 'teiki kouen' do Mtopi. Uma vez por mês o trio se reúne para um one-man 'diferente'. Nessa edição em questão, com o título "Mtopi nari no Gimme Choco Passion", a temática era dia dos namorados. Que no Japão, por costume, é uma data onde as mulheres presenteiam chocolates para seus amados (ou colegas de serviço, patrões, etc). Achei que a combinação Mari Mizuta + valentine's day seria perfeita, afinal desde aquele festival em dezembro eu vinha encantado com ela e querendo mais. Tudo bem que a performance não seria exatamente dela, mas de seu projeto paralelo junto das amigas Miki Mizuki (ex-Mikichu. ela é que nem a Tomochan, tem cara de mestiça por causa dos olhos grandes mas é 100% japa mesmo. e bem safadeeeeenha) e Yuri Shinohara (ex-Takenoko. apelidada de Yurimaru, é a mais nova das três). Projeto esse que, pelo pouco que eu conhecia até então, cheguei a comentar por aqui que não me atraía. Pois bem. Esse dia serviu pra melhorar consideravelmente minha opinião a respeito. =) Continuo preferindo a Mari solo, mas o Mtopi tem sua graça. É curioso que as outras duas também façam apresentações solo paralelamente e no caso da Miki, ela ainda segue dois estilos BEM diferentes. Solo, hoje em dia ela se apresenta geralmente tocando teclado e cantando feito uma artista 'não-idol'. Ela, assim como a Mari, é chegada em pintar o cabelo e naquela época estava com ele num tom castanho claro. (recentemente, loira) No público, que não devia passar de umas cinquenta pessoas, haviam fãs das três. Não acredito que a esta altura já hajam fãs do Mtopi propriamente ditos, gente que conheceu-as através desse projeto. Até porque não possuem ainda sequer algum cd lançado... mas isso mudará em breve. Nesse dia elas fizeram uma apresentação bem especial para a história do Mtopi: além de cantarem uma música inédita, ainda anunciaram o lançamento de um cd (independente, com venda apenas na banca de goods durante os shows. limitado a 500 cópias) e a realização de um festival, entitulado provisoriamente de "Mtopi Fes", com a presença de grupinhos convidados.

Ambos acontecerão no dia 1 de maio, com o festival ocorrendo no Shibuya Duo Music Exchange (casa de shows bem maior e mais bem equipada. o Club Science é até bem ajeitadinho pra um lugar do gênero, mas possui evidentes limitações de equipamentos e estrutura). Uma pena que no mesmo dia ocorrerá o one-man do Hime Kyun em Tokyo válido pela turnê nacional delas... Ainda não me decidi em qual evento irei, mas provavelmente optarei pelo Hime Kyun. Os primeiros nomes de convidados pro festival não me animaram nem um pouco, ao incluir Bellring, Rhymeberry e Nichohalo, entre outros. >___< Bom, o Mtopi tem um visual bem idol infantilizado e colorido (uniforme cheio de acessórios pendurados, como bichinhos de pelúcia), músicas alegres e de fácil coreografia... seria um 'grupinho idol padrão' não fosse pela proposta de, como elas mesmo definem, "entreter pessoas de todos os sexos e idades". Para tal, mais do que cantar e dançar (até porque convenhamos nem possuem ainda repertório extenso o bastante pra ocupar duas horas de show), elas fazem longos MCs com brincadeiras, encenações... não chega a ser tão original assim, me lembrando um pouco a proposta do Alice in Alice. Mas é válido. E foi divertido, contando com a participação do mascote do grupo, o passarinho amarelo "Piyotopi". Deu pra ver que elas estão se dedicando ao projeto, ao bolarem esquetes e tudo mais. Estava muito bem ensaiado e decorado. Ou quase. ^__^' Miki vez ou outra fugia do roteiro pra desespero da Mari. Elas cantaram "UTOPIAworld", "Mtopi Restaurant", "Chika Dashutsu Daisakusen", "Yuuki Rinrin" (a música nova), "Smily" (cover da Ai Otsuka. uma maravilhosa surpresa! parece que prepararam isso ao saber que eu iria, especialmente pra mim! *___* ), "Chocotto Love" (cover do primeiro single do Pucchi Moni, então com a Maki Goto, meu sonho de consumo juvenil, na formação), "Mtopi Let's Go" (que é uma espécie de 'música tema' do grupo. a intro dela tocou assim que elas subiram ao palco e parece que repetem esse padrão sempre) e de saideira, repetiram "Yuuki Rinrin", ensinando a coreografia pro público. Fizeram três MCs com apresentações pessoais, explicações a respeito do conceito do grupo, papo sobre o valentine's day, os já comentados anúncios (com direito a um cartaz enorme escrito por elas à mão), agradecimentos e... os esquetes com algumas piadas aqui e ali, pra manter o bom humor. Havia uma área reservada para meninas na pista, o que achei um certo preciosismo, se levarmos em conta o tamanho do público presente... ^__^' E notei alguns caras tirando fotos. Em 99% das apresentações musicais no Japão, seja de artista famoso ou não, fotos são proibidas. Mas ali, pelo visto, podia. Eu logicamente, diante dessa situação, aproveitei para tirar algumas também. A maioria não ficou muito boa, mas enfim. Inclusive no auge dos MCs, quando elas trouxeram pro palco uma mesa com uma fonte de chocolate, elas próprias incentivaram o público a sacar seus smartphones e fotografarem o momento. (e se possível depois upar no twitter e tals)


Foi um fanservice bem apelativo a aqueles wotas mais taradões que fantasiam ao verem as meninas comendo, fazendo caras e bocas... =P Aliás, fanservice foi o que não faltou. Além disso, ainda interagiam bastante com o público (eu me posicionei mais pro fundo da pequena pista porque não queria chamar muita atenção... o fato de um gringo estar ali já era destaque o bastante. me senti de volta aos velhos tempos de frequentar showzinhos obscuros com público minúsculo e composto apenas por wotas hardcore), tiraram foto com o pessoal, deram uns salgadinhos na entrada, ofereceram um brinde surpresa a aqueles que marcassem presença nos três shows em sequência que o grupo fez naquele final de semana e promoveram atividades após o show bem... curiosas, pra dizer o mínimo. (diga-se de passagem, no hall durante as atividades ficaram tocando de música ambiente uns sons variados, com direito até a "Wonderwall" do Oasis. sério. foda bagarai S2 ) Na banca delas não haviam muitos goods, então peguei um set de fotos (tiradas durante alguma apresentação passada), broches e um cheki randômico (veio da Yurimaru). Um total de 3 mil ienes que me renderam um ticket pra atividade 'tipo 2'. Eu como marinheiro de primeira viagem, estava perdidaço por ali. Mas o esquema é o seguinte: por mil ienes em compras, você ganha o ticket pra group akushukai. Demorado e com você falando com todas, não com uma de cada vez. Por 2 mil, você ganha o ticket 'tipo 1' que lhe permite participar de um jogo de sorte com elas. Você vai tirando uns palitinhos de umas caixas e descobrindo que tipo de atividade você terá (pode ser um janken, receber tapa, receber petelecos na cara, ficar olhando cara-a-cara com a menina, etc...), com quem e por quanto tempo (de cinco segundos até um minuto, creio eu). E por 3 mil, o ticket 'tipo 2' que era idêntico porém com a possibilidade de escolher a membro de antemão. Não preciso nem dizer quem eu escolhi né. Enquanto eu aguardava na fila, eu devo confessar que estava bem nervoso. Aquela incerteza de saber o que aconteceria estava me matando. Ainda mais com a galera em volta olhando, eu sendo o único estrangeiro ali e não conhecendo alguns dos jogos tradicionais japoneses que eram propostos. Eu mal sei jogar janken, o resto... faço a mínima idéia. Estava com medo de passar por uma saia justa monstruosa. Mas acabei tendo uma baita sorte ao tirar o palito do tapa na cara e ainda por 20 segundos. =D (a própria Yurimaru falou que eu era sortudo por tirar aquilo) Meu lado masoquista adorou. Eu pedi pra Mari bater fraco e ela não foi sacana, obedeceu. Seus tapas acabaram sendo uma verdadeira massagem. Era engraçado as caretas que ela fazia enquanto me batia. Especialmente naquele dia, após essa atividade os fãs ainda tinham um tempo a sós com a menina, para trocar umas palavrinhas e receber dela um morango coberto de chocolate. Nham. =3

Receber moranguinho da Mari na boca era mais do que eu podia ter imaginado, foi o melhor presente de valentine's day que já recebi. E duvido que alguma alma nesse mundo tenha recebido algo melhor. Até porque melhor que isso... só se a Mari me servicesse na boca, lambuzados em chocolate, os seu pei... deixa pra lá. ^__^' Eu comentei que era meu primeiro show do Mtopi (ela disse que sabia disso... até então eu estava com a impressão de que ela não tinha se lembrado de mim, mas essa frase me deixou meio na dúvida) e tinha achado tudo muito divertido. Disse que eu estava ansioso por ver o Mtopi ao vivo após os comentários sacanas delas em seu programa na net, o que a deixou meio encabulada. Ela pediu pra eu retornar mais vezes e perguntou se estava gostoso. Servido por ela, ha, até esterco ficaria bom. =3 Se bem que durante um MC a Yurimaru provou comer salsicha com chocolate. .___. Ela disse que ficou horrível... e eu acredito. Cada idéia de maluco, as outras devem ter bolado isso só pra sacanear a coitada. Depois de atenderem todos os fãs, elas ainda permaneceram tirando fotos pessoais, entregaram flyers e foram simpáticas com o pessoal que permanecia por ali enquanto iam embora. Ahh, o encanto do mundo das idols obscuras e seu fanservice ilimitado... Depois desse dia, passo a querer acompanhar ainda mais de perto a Mari. S2 Priorizando o seu trabalho solo, se possível, mas como boa parte de suas apresentações são longe de Tokyo e/ou em dias úteis, creio que não dá pra se dar ao luxo de ficar escolhendo muito. Na próxima oportunidade que surgir, tenho de ir, mesmo que seja show do Mtopi (que de acordo com a experiência deste 'teiki kouen', não é tão ruim. pelo contrário). Atualmente, em sua agenda, a Mari (que viajou por Okinawa recentemente, que nem o Up Up) possuei doze apresentações, incluindo as do Mtopi. Além de um 'teiki kouen' no próximo dia 27, destaque para a presença delas (solo e em grupo) no mega Idol Koushien Festival 2016. A ser realizado no dia 21, contará com a presença de 157 grupos (!) no Shin-kiba Studio Coast. A nata dos grupinhos obscuros estará por lá, além de alguns mais famosos como Passpo, Lyrical School, Party Rockets GT, Predia, Bellring e Idol College. Falando em grandes festivais idols, com a chegada da primavera eles começam a se tornar mais frequentes. No dia 26 haverá o Idol Daikanshasai 2016, no Stellar Ball, com destaque para a presença de Chu-Z, Akishibu Project, Seishun Gakuen e Lovely Doll. Nos dias 21 e 22 de maio haverá o @Jam 2016, no Zepp DiverCity. Como sempre, um dia para idols e outro pra anisongs. Com as presenças já confirmadas de Band Jya Nai Mon! e Super Girls. E já no segundo semestre, os dois maiores festivais idols do país se encontram em uma disputa mais acirrada do que nunca. O Tokyo Idol Festival, apesar da dissolução do Idoling!!!, continuará sendo realizado em Odaiba. A boa novidade é que neste ano serão três dias ao invés de dois (de 5 a 7 de agosto), permitindo assim a presença de mais grupos e uma time table melhor planejada.


Já foram divulgados os 7 primeiros grupos convidados, incluindo o Up Up Girls Kakkokari, Lyrical School e Passpo. Ao longo dos próximos meses, como sempre fazem, irão soltando aos poucos a lista dos demais. Para não ficar para trás, o @Jam Expo 2016 também passará a ter um dia extra, sendo realizado em 24 e 25 de setembro. Só que os produtores foram além e deram um cheque-mate, ao meu ver: anunciaram que este ano o evento ocorrerá nos pavilhões do Makuhari Messe! Local ainda mais amplo e de fácil acessibilidade que o Yokohama Arena. Eu a anos clamava pela realização de um festival idol no Makuhari, assim como já são realizados vários festivais de outros gêneros. Esperava que algum dia transferissem o TIF pra lá, mas o @Jam Expo foi mais rápido. Se eu já achei o @Jam Expo melhor ano passado, desta vez então... será covardia. Muito provavelmente nem irei ao TIF e tentarei sim ir é nos dois dias do @Jam Expo. Melhor investimento. E falando nisso... no caso um MAL investimento, tenho de admitir... Vamos pro evento do dia seguinte, 13 de fevereiro. Num dia em que o Next Shojo Jiken esteve fazendo sua apresentação especial de dois anos de existência (onde parece que a minha antiga oshimen, Nono, marcou presença), eu preferi ir até Yokohama num daishashinkai do AKB48, referente ao álbum "0 to 1 no Aida". tsc tsc tsc Perdão, Mai-chan. m(_ _)m Diga-se de passagem, ela continua se apresentando sozinha até hoje, mas pelo menos recentemente ganhou figurino e música nova, "Bokuga Next". Estão fazendo audições para encontrar uma nova integrante, mas está difícil... Assim como está difícil de rever a Mai-chan, uma vez que o Next Shojo praticamente só se apresenta em pequenos festivais acompanhado sempre dos mesmos grupinhos: Gouhou Lolita (encerrado no início deste mês. seus fãs devem migrar para grupos similares), Gusou Drop, Kimi to Boku, 2&... Ou seja, showzinhos infestados por uma galera (violenta) do qual não sou muito chegado. =/ Mas enfim. O álbum do AKB, que eu tenho orgulho de não ter escutado até hoje =P , foi lançado em novembro do ano passado. Porém os eventos programados pra ele estão ocorrendo já em 2016, começando no dia 7 do mês passado e se encerrando no próximo dia 21. Inclusive, dia 9 o grupo lançou um single novo né, tal de "Kimi wa Melody". Mesmo apelando com a volta das graduadas famosonas, a música é, só pra variar, uma porcaria. Quase tão ruim quanto aquela Melody dos falsetes. =P Mas serviu para alavancar um pouco as vendas (na casa do 1 milhão e 200 mil), o que em última análise é o que realmente importa (pro Akimoto). Lógico que a esta altura alguém já deve estar se perguntando: "mas porque raios você, após tanto tempo, decidiu voltar a um evento do infame grupo?". Um pouco de masoquismo e... eu queria MUITO ter um 2 shot com algumas membros do SKE48 (em particular com ela, Takayanagi). Da outra vez eu pedi devolução de meu dinheiro e não participei do evento, afinal tirar foto com mesa no meio é o fim da picada.

Desta vez o esquema foi o mesmo, então eu não tinha motivação pra tentar participar a priori. Mas sacumé, a coisa apertou, graduações em massa novamente atingindo os grupos... eu senti que a Takayanagi estaria, mais próxima do que nunca, prestes a anunciar sua saída. E aí, como as chances de que não haja outra oportunidade do gênero são grandes, pensei "mais vale um pássaro na mão que dois voando", né. (pássaro... Churi... ha!) Antes ter um 2 shot meia-boca com a minha top idol do que não ter nenhum. Assim, comprei o álbum pra garantir minha participação nesse evento, realizado no Pacifico Yokohama. E já que eu iria até lá me encontrar com ela... já aproveitei e peguei tickets pra outras três meninas também: Yuria (hoje em dia no AKB, mas pra mim, uma eterna delícia membro da filial de Nagoya), Akari (tenho certa simpatia por ela e tinha muita curiosidade de ver se ela realmente é a tsurishi que tanto falam) e Koishi (a flopada que substituiu a Abiru em meu coração). Pois é, eu mirei na Takayanagi e no final acabei acertando nela, Koishi. Eis que exatos três dias antes desse evento, ela resolveu anunciar graduação, após uma performance no teatro do grupo. ;___; Vinda do draft, ela deixa o SKE após cerca de dois anos e meio, com o manjado discurso de "buscar os próprios sonhos". Deverá voltar a ter uma vida normal no anonimato, inclusive já tendo retornado à sua terra natal, Kobe, ao que parece. (em Nagoya ela morava sozinha num pequeno apartamento alugado, imundo e sem móveis mesmo... compreensível que volte a morar com os pais e tals) Mais uma daquelas inúmeras meninas que entram no grupo, recebem poucas oportunidades (ficando mais relegadas a apenas apresentações no teatro) e acabam se desiludindo, ao verem que a carreira artística não vai a lugar algum. Na certa a divertida Koishi já vinha a algum tempo sem o mesmo ânimo. (algo evidente, inclusive, nesse dia no daishashinkai) Eu infelizmente demorei pra notar ela no grupo, nunca acompanhei-a mais de perto e até então, nunca tinha encontrado com ela pessoalmente. Acabou sendo então meu primeiro e último encontro com a menina que me encantou com sua espontaniedade, bom humor (às vezes non-sense), voz estranha e apreço por k-pop. (ela fazendo gwiyomi é simplesmente S2 ) Por causa desse timing, eu já esperava que esse encontro com ela não fosse dos melhores e tivesse um certo 'clima de velório'. No dia 23 do mês passado ela já teve sua última performance no teatro, curiosamente no mesmo dia em que a Akicha se despedia no teatro de Akihabara. (pra você ver, até na saída roubaram os holofotes dela... =/ a minha adorável Nakki upou na net uns vídeos dos ensaios pra essa apresentação) Akicha que diga-se de passagem terá sua última aparição como membro do grupo no dia 1 de maio, num daiakushukai.


No dia 29 ela se despediu no G+ e blog oficial do grupo. O twitter continua ativo, mas apenas nos dias onde ela tem compromissos com o grupo ainda. (tomara que não delete a conta...) Sua saída definitiva será no daishashinkai daqui dois dias. Eu sei que pouca gente sentirá falta dela, mas apesar de eu ter construído pouco vínculo com a 'pequena pedra', sentirei muita falta. Esforçada e dona de uma personalidade peculiar, era um dos poucos motivos para eu ainda ter algum interesse no SKE48. Adeus, Koishi. O grupo irá lançar no próximo dia 30 um single novo, após bastante tempo, entitulado "Chicken Line". Pelas prévias, nada muito animador... Só as capas das diversas versões do cd eu achei legais. Mas bem, vamos logo falar do evento. Ele acontecia nos pavilhões de exposições, enquanto no centro de convenções haveria um show de uma boyband coreana, tal de U-kiss. Que mundo pequeno, hein... Por isso além da presença dos wotas típicos, haviam muitas garotas perambulando por lá. Meu dia começou péssimo, com eu perdendo o trem e chegando atrasado pro encontro com a Yuria. u___u Quem mandou pegar ticket pro primeiro horário, de manhãzinha? Pior que nem é a primeira vez que isso me ocorre, sinal de que sou burro mesmo e não aprendo com os erros do passado. /facepalm Agora vou ter de esperar uma próxima oportunidade (se é que haverá né, vai saber)... Até lá espero que ela ainda esteja no grupo. Bem como a Nakki, Sumire e Shibata, outros possíveis alvos. No corredor interno dos pavilhões ficavam as bancas dos fã-clubes das meninas. Não achei nenhuma interessante pro meu gosto (excetuando a Yuria), então não deixei mensagem pra ninguém. Do lado externo, na calçada, estava o pessoal trocando trading photos livremente, montando até 'barraquinhas' no chão e tals. Na entrada dos pavilhões, você tinha de mostrar um ticket pro staff. Acesso restrito. (logo, nada de poder comprar cd no local para participar) Até aí tudo bem, o problema era em seguida: você tinha de passar por uma rigorosa revista, mostrando o conteúdo de sua bolsa, esvaziando os bolsos, tirando o boné e passando pelo detector de metais. Reflexos até hoje do ataque em Iwate. Isso consumia tempo e era uma encheção de saco, uma vez que você tinha de passar por tudo aquilo novamente caso saísse do pavilhão. (algo inevitável para quem tem vários tickets, uma vez que lá dentro não havia praticamente nada a se fazer) Logo, chegar em cima da hora pro seu encontro, nem pensar. /ficadica Havia como de costume, além das cabines para fotos, banca de goods, bancas promocionais (com destaque pra do cafe shop), mesa com tomadas pro pessoal recarregar seus smartphones caso necessário, stand para encontro com os managers dos grupos, concorridos bancos para se sentar e... só. Uns telões passando clipes e informativos e os painéis contendo todas as regras e explicações do evento, bem como a tabela de horário das meninas. Eu achei interessante a montagem das cabines em si, bem prático com a entrada e saída (uma para cada duas cabines) pela frente.

No meu último evento era uma saída única por trás, se bem que era só daiakushukai, vai ver é isso. Havia uma mesa na entrada para você deixar seus pertences, um staff recebendo os tickets e outro numa mesa, de frente para a mesa circular onde ficam você e a membro. Ele tirava as fotos e tinha um apoio para não tremer. Outro staff/segurança na saída ainda perguntava a você se a foto tinha ficado boa, caso precisasse fotografar novamente. As cabines possuíam cortinas, mas estas costumavam ficar abertas. Assim, dava pra ver de uma fila, enquanto se aguardava, outras membros. Lembro de ter avistado a Shibata. Ela parecia realmente muito simpática. Haviam algumas cabines especiais sem cadeiras, para fãs deficientes. As meninas é que se deslocavam até lá. No geral o tratamento até que era bom, mas naquela correria que é bem conhecida. u___u Você cumprimenta a membro, pede a ela uma pose (não dá pra variar muito com aquela maldita mesa no meio, mas enfim) e depois se levantam para um akushu na saída. No total, você não chega a ficar mais de trinta segundos com a menina. O akushu é super rápido, se você não falar uma frase curta já pensada anteriormente... o tempo esgota e já era. Foda. Ainda bem que larguei dessa vida. (ou quase ^__^' ) Caso você tivesse mais de um ticket pra usar de uma única vez, ficava um pouco mais tempo pra tirar as outras fotos na sequência. Mas o tempo de akushu seria o mesmo. Sobre a mesa, as meninas eram livres para enfeitar como bem quizessem. (algumas enfeitavam até a parede atrás) Aí dependeria do capricho e boa vontade de cada uma. Você não pode levar nada, nem pra pôr na mesa, nem pra ficar segurando. Só pode se empunhar um objeto (ela também) caso seja algo do local, que a menina mesmo levou. (por exemplo, a Takayanagi havia feito na noite anterior uns acessórios de papel tipo máscaras e tals) Meu primeiro encontro acabou sendo exatamente com ela, a bela Churi. Ela notou minha camiseta da Miku Hatsune e ficou olhando fixamente pra ela o tempo todo. Nem olhou direito pra minha cara. ^__^' (eu tinha pensado em ir com uma camiseta diferente pra usar com cada menina, tipo uma do Perfume pra usar com a Churi, uma do Crayon Pop pra usar com a Koishi... mas a preguiça falou mais alto =P ) Ela estava simples como de costume, com uma blusa de frio estampada e saia longa. Visual meio Charai-san, mas tudo bem. =P Ela é encantadora, alegre e putaqueparivelmente linda mesmo com pouca maquiagem. (admito que sou parcial quando falo dela, então não levem muito a sério minha avaliação) Eu pedi a pose dela dando um tiro em meu coração, porque né. S2 E depois a parabenizei por estar se tornando uma bela atriz. Em tempo: ela gravou a música de encerramento do filme "Kamen Rider 1", que estréia este mês nos cinemas, em parceria com o veterano ator e cantor Goro Noguchi. Também com ele, ela está participando de um novo programa online, "Harajuku Goro Churi Cafe", mensalmente.



A fila dela tinha tamanho médio, não era tão grande assim pra alguém famosa como ela. Se bem que hoje em dia menos gente tem ido a esses eventos (não é difícil compreender o porquê, convenhamos), então nem dá pra dizer que ela perdeu fãs. Continua no mesmo patamar de sempre mesmo. Grande, enorme, estava a fila da menina seguinte: Akari. Ali sim eu me senti indo encontrar-me com uma senbatsu member. .___. Ela é notoriamente famosa por ser super doce e simpática, por isso a galera vai em peso encontrar ela. Mesmo que ela não seja sua oshimen. Vide meu caso, neste dia. Pude comprovar que os boatos são verdadeiros. Akari é foda bagarai. Ela é bonitinha, bem humorada, meio hiperativa, desinibida... usava uma roupinha casual simples e bastante maquiagem na cara. Ou seja, me fez recordar da Abiru. =D (em tempo: uns dias atrás a minha ex-oshimen produziu a terceira edição de seu "fan event". não sei bem o que rola nesses encontros, imagino que um talk show com umas brincadeiras/gincanas, afinal cantar nunca foi o forte dela né. pelas fotos até que reuniu um número considerável de gente. ela já prometeu uma nova edição no final de abril ou começo de maio. fora isso, ela vive como modelo... nos meios onde eu frequento, completamente sumida. não leio revistas de moda/femininas então não sei se ela está realmente sem fazer nada. pelo menos na internet ela continua bem ativa e é pelo seu twitter que vejo seus passeios e compras... ela continua amiga de ex-colegas dos tempos de SKE, como a hoje em dia atriz pornô Momona... putz, com esse tipo de companhia, já até desconfio o que a Abiru anda fazendo pra se sustentar... >___<' ) Quando cheguei já me deparei com ela de sorriso largo e saltitante. Comentou da minha camiseta. Pedi uma pose dela, malévola, rindo enquanto eu morria engasgado. XD Eu achei oportuno afinal ela tinha escrito na net que tinha feito uns cookies pra usar na decoração. (quando eu cheguei já não tinha mais nenhum, só a tigela. Myao deve ter devorado tudo kkkkkkkk) Ela riu, achou engraçado e pediu explicação pra aquilo. Eu disse que ela tinha colocado veneno nos cookies. XD Ela entrou na brincadeira e fingiu ficar brava, revoltada com a acusação. Começou a falar alto "ei! seu mentiroso! eu não fiz nada disso!", enquanto fazia gesto de que queria me bater. (ps: se tivesse batido, viraria minha oshimen no mesmo instante! /masoquista mode on) Um sarro. Se ela não fosse tão concorrida e eu pudesse comprar vários tickets pra poder, num daiakushukai, conversar direito com ela, eu o faria. Afinal a menina realmente é cativante e deve ser engraçado pacas falar umas besteiras com ela. A última com quem me encontrei foi com a Koishi. Apesar de sua graduação, não havia quase ninguém em sua fila. Uma meia dúzia participando e outra meia dúzia de fãs só acompanhando de longe. E isso que ela só tinha um horário de participação...

Dá pra se notar portanto o porquê dela estar saindo né... Como eu já imaginava, ela estava sem ânimo e cansada dessa 'vida de idol', tanto que na sua cabine havia apenas uma plaquinha com "sotsugyou shimasu" escrito. .___. Ela colocou uma roupa comportadinha qualquer e foi lá. Bom, seria pior se ela sequer aparecesse, mostrando total falta de consideração com seus poucos fãs né. Diante disso acho que é melhor não criticar e apenas me dar por satisfeito de ter podido vê-la de perto e tirar uma foto, antes dela sumir no mapa. A pose, claro, foi com eu chorando pela sua saída enquanto ela dava tchau. Comentei com ela que o SKE após sua saída não teria a mesma graça e ela agradeceu, perguntando de onde eu era e falando da minha camiseta. Dentro do possível (até pelo limite de tempo), tentou ser um pouco simpática. E pensar que ela tinha tanto potencial... que nem a Nonaka. Falando nela, minha antiga paixão, Nonaka pelo menos está bem ativa na net, seja no twitter ou instagram. Ela até hoje continua fazendo bico de garçonete no yakiniku da Ucchi, aparecendo pelo menos uma vez por semana por lá. Deve fazer mais por hobby mesmo, pois o serviço de assistente na grife feminina lá deve ser bem entediante. Eu achava que nunca mais a veria, infelizmente, num palco. Mas estava errado. Ela já andou aparecendo em alguns eventos (um talk show sobre baseball hoje, um dueto com a amiga ex-AKB Sakiko mês passado, um evento musical com idols em dezembro...), sendo que o maior deles foi o Request Hour do AKB em janeiro. por causa da graduação da Sae, os wotas dela se esforçaram e rankearam a música "Kiseki wa Ma ni Awanai", onde ela é center, em primeiro lugar. E aí, surpresa: Jurina substituiu a membro original do trio, Yonechan. Mas no lugar da Nonaka... foi ela mesma! =O Nonaka de volta no AKB era algo que eu gostaria de ter visto. 99% do público não deve ter dado a mínima, mas pra ela foi um dia especial. Sua ligação com o grupo continua forte, com ela ainda com frequência se encontrando com amigas (graduadas ou não) para passear. Ela até foi assistir o show de despedida da Akicha, colega da sexta geração, no teatro. E a última participação da amiga Wasamin no programa "Anta, dare?", no cafe shop em Akihabara. (ps: o programa está com os dias contados. não só ele, para ser mais preciso. o canal online Nottv no qual ele é transmitido vai parar de funcionar no dia 30 de junho. uma pena) Só preciso agora achar alguma oportunidade pra revê-la, nos palcos ou no yakiniku. Ela não se lembrará mais de mim, mas eu ainda lembro muito bem dela. S2 Aproveitando o assunto de graduações, deixa eu dar uma atualizada afinal como comentei, uma nova onda andou atingindo os grupos ~48 recentemente. No AKB: Karen e Wasamin estão com saída programada pro dia 21 de maio; Takamina (após adiar várias vezes) parece que finalmente largará o osso no dia 8 de abril; Akicha e Nagao saem no dia 1 de maio; e KK deixa o grupo no próximo dia 31.


Galera só se preocupa com a saída da líder Takamina, mas eu tenho é medo da saída da KK. Capaz de um novo big bang ou um ataque alienígena eliminando a humanidade nesta data, porque sério, nunca imaginei que a rainha das flopadas um dia criaria vergonha na cara e pularia fora. o___o Natori e Uchiyama já saíram neste ano. (Natori é bonitinha e natural de Matsuyama, casa do Hime Kyun Fruit Can... ela bem que podia entrar no grupo substituindo a Honoka... =P ) E assim, cada vez mais o grupo passa a ser composto apenas por meninas que eu não conheço... No SKE: Sae e Yukari deixam o grupo no dia 31 deste mês; Miyamae ainda não data definida; e Koishi está saindo. Isohara e Madoka já saíram neste ano. No NMB: Umechan sairá no dia 31 e Nishimura no dia 11 de abril. Kotani, Kondou e Kadowaki já saíram neste ano. Hoje em dia a Reinyan (ex-AKB) é líder por lá né. Isso é interessante. No HKT: Itou já saiu e Okada sairá no próximo dia 22. E nem as filiais no exterior escaparam: no JKT, foi a exilada e ex-Team B Harugon quem anunciou saída. Como por lá ela é famosa (muito mais do que em sua terra natal), deu umas de Takamina e só vai sair daqui vários meses, provavelmente em dezembro. Deve continuar morando e tentar carreira na Indonésia. Boa sorte, que você vai precisar. Saudades dos tempos dela no Watarirouka Hashiritai... Falando na extinta sub-unit, a Nacchan é uma ex-AKB que anda me surpreendendo. Apesar de sua indiscutível beleza, eu não botava muita fé na carreira de grabia idol dela. Ela parecia muito travada e tímida em seus primeiros filmes. Mas eis que das ex-membros ela é quem está indo mais longe, sem ter que partir para conteúdo mais pesado (pornô). Amanhã sai o seu quarto dvd já, entitulado "Amanatsu". Pelas fotos que vi, ela já está bem mais danadeeeeeenha nele. Ela ainda protagonizou o filme "Onna Hierarchy Teihen Shojo", exibido mês passado numa mostra de cinema. (sem previsão por enquanto de ir ao circuito aberto ou virar dvd, infelizmente) Baseado num livro de mesmo nome, conta com a atuação da Ami Tomite, ex-kenkyuusei do AKB e ex-Alice in Alice, além de participação especial do Akishibu Project. Também com presença dela e sem previsão de lançamento, tem o filme (com cara de peça de teatro) dramático "Make Room 2". Na tv, ela protagonizou um programa especial exibido pela TBS, entitulado "Beach Angels Hirajima Natsumi in Guam". Apesar de ter ido ao ar tarde da noite, seu conteúdo não foi tão pesado. Um grabia dvd mais soft, praticamente. Ela criou uma conta no instagram algumas semanas atrás e continua aumentando a lista de peças teatrais em seu currículo: em maio estará na peça "Hiniku ni mo Ame wa Furu". Outra que me surpreendeu é a Katayama. Ela continua focada em peças musicais, tendo participado de uma em janeiro ("Ataisenkin no Cabaret") e com outras duas previstas (uma no fim deste mês, "Yuki no Princess". e outra em julho, "Peter Pan").

Em "Yuki no Princess" ela atuará inclusive ao lado da Kurumi Takahashi, ex-Idoling!!! e da You Kikkawa. =O Cruel. Mas até aí, nada de novo. Só que em 2016, prestes a completar 26 anos de idade, ela resolveu diversificar. Está atirando pra todos os lados. Participações em programas para internet (no Showroom, Nottv e Ameba Studio), comercial para a tv, apresentação musical num bar mês passado e o mais imprevisível: um dvd de grabia! o___o Isso mesmo. Katayama em poses sensuais e trajes mínimos. Parem o mundo que eu quero descer. Lançado dia 19 do mês passado e com o título "Aru Hi", parece ser um ensaio bem comportado, mas ainda sim... é muito estranho isso, Katayama sempre foi avessa a essas coisas, famosa por suas habilidades vocais e não por sua beleza. Ela é magrela de dar dó. ^__^' Mas vai ver é uma nova tendência do mercado né, vide a outra ex-AKB, Ayaka Morikawa, que já vai pro seu quarto dvd. (e é igualmente magrela, sem pinta de grabia idol...) De qualquer modo acho que vou comprar esse dvd. Só para fins científicos, evidentemente. =P Ela já realizou eventos de lançamento para o dvd e no dia 28 terá um talk show com as colegas de "Yuki no Princess". A parceria com a You Kikkawa não pára por aí, no dia 21 ela participará do programa da Kikka no Showroom. Agora só falta, graças a essa amizade, a Katayama se aproximar da Nezumiiko e do resto do Up Up. =D Bom, mas deixa eu voltar pro assunto original. Após o encontro com a Koishi, como ainda era cedo, resolvi andar um pouco pela região (até poderia ter ido mais longe para ver outros grupos, só que preferi a opção mais barata) e mais precisamente pelo shopping do Queen's Square Yokohama. Me chamou a atenção na loja da Murasaki Sports uns quadros e display (com uniforme e equipamentos do Tohoku Free Blades, time japonês semi-profissional) relacionados a ice hockey. Legal, só que equipamentos do esporte à venda que é bom, nada. u___u Num espaço amplo do piso térreo, notei que haviam montado um pequeno palco... ha! Só podia ser um evento de lançamento de algum grupinho idol. Dito e feito. O Doll Elements estava por ali. Estou longe de ser fã delas, mas resolvi assistir uma das sessões, num evento da campanha do novo single "Dear Future". O grupo foi formado a partir do Lovely Doll e conta com cinco meninas, uma delas ex-YGA. Acho que merecem ser elogiadas por vários aspectos. Primeiro que foram espertas em aproveitar o evento vizinho para se promoverem. O que deu muito certo, pois juntou um número considerável de gente. (bem mais que na fila da Koishi =P ) Flagrei até um guardinha do shopping se interessando e pegando um flyer do grupo. XD Haviam muitos flyers para serem pegos à vontade, bem como um televisor exibindo clipes do grupo. Segundo que são bem produzidas artisticamente e no visual, usando dois uniformes num mero mini-live de meia-hora. (!)


Musicalmente elas possuem algumas canções legaizinhas. Umas músicas mais rock, mais pop... o destaque foi uma que parecia muito com k-pop, inclusive na coreografia. Para ser mais preciso, eu lembrei de "Crazy" do 4minute. XD Elas deram uma ligeira sensualizada e fizeram uns movimentos bem parecidos, como body rolls e naquele trecho onde as dançarinas ficam de costas e abaixam empinando a bunda. Tudo bem que não chegaram a tanto, até porque o uniforme não permitiria e tem menina ali que é menor de idade ainda. (ps: se tivessem imitado pra valer, eu viraria fã delas na hora! /tarado mode on) Inclusive essa novinha, tal de Yukino, é um sarro. Seja falando besteiras no MC, seja ao toda hora ficar olhando e acenando pro pessoal (eu incluso) que estava assistindo do segundo andar, seja na hora das atividades, onde ela se soltava e zoava com os fãs que iam tirar um cheki. Ela puxava o capuz dos caras, fazia chifres e caretas. =D Muito mais koakuma do que a minha Nyansan. Não sei como ela não é a garota com mais fãs no Doll Elements. Vendo as atividades, pude perceber que elas oferecem um bom fanservice. (bastante tempo e muita simpatia) Fiquei até tentado a descer e participar também, ainda mais porque não era tão caro (quantidade de cds necessários) em nenhum tipo de atividade. Ahh, quem dera o Up Up copiasse elas.... =/ Foi um mini-live interessante e fechou bem o dia. Pra encerrar, aproveitando o post, mais algumas coisinhas: acima tem uma foto da minha bicicleta atualmente, com nova corrente, farol traseiro e principalmente, cesta removível. Essa custou mais caro, mas valeu. Além de maior e feita em pano (sendo assim mais leve), possui uns zípers com repartimentos e uma capa de nylon para cobrir em cima, protegendo as compras de eventuais chuvas e ventanias. Tive de fazer essa troca pois minha cesta e adaptador de encaixe antigos haviam estragado. Falando de idols, foram divulgadas as capas dos cds do Team Shachihoko (single "Chérie!" a ser lançado no dia 7 de abril. gostei do visual e uniformes), do Lyrical School (single "Run and Run" a ser lançado no dia 27 de abril. também gostei, visual esportista... combinaria com o Up Up) e as primeiras imagens do, agora oficial, single novo do AOA. Realmente a parceria vai ocorrer. Adorei o uniforme com temática de corrida, tão "The Fast and the Furious: Tokyo Drift" isso... XD "Ai wo Choudai" feat. Takanori Nishikawa sairá no dia 20 do mês que vem, mas anunciaram eventos de lançamento no Japão já pros dias 26 e 27 deste mês. Bom, isso significa que poderei revê-las mais cedo, pelo menos. Pra encerrar, achei curiosas as notícias sobre duas ex-48. A Mai Imade, ex-kenkyuusei do SKE, que vinha se lançando como grabia idol, agora voltou aos palcos para integrar o já citado Alice in Alice. (na condição de membro convidada) Enquanto isso a 'minha prima' Rina Yamato, ex-Nogizaka, se lançou em carreira solo com o mini-álbum "Sakura".

Até que gostei da música. Provavelmente nunca saberei se ela realmente tem algum parentesco distante comigo, mas sei que ela é divertida e uma sósia da Sumire. =D Ela saiu do Nogizaka pela porta dos fundos, expulsa, após escândalos envolvendo namoro e consumo de álcool (quando ela ainda era menor de idade). Então imagino que ela deva ter perdido muitos fãs, passando a enfrentar grandes dificuldades pra emplacar agora. Ainda mais se ela for tentar se manter afastada do meio idol otaku, na condição de 'artista não-idol'. Ela está bem produzida pelo menos, com belo site oficial e tals. Já andou fazendo alguns showzinhos inclusive em Sendai, sua terra natal. Vamos ver se ela consegue emplacar carreira solo... tem sido difícil pras ex-48 irem longe, mesmo as famosas. Ah! Uma última notícia: lembram do The Skaboom? Um projeto de grupo idol misturado com banda de skacore, surgido em Nagoya e que tinha chamado minha atenção? Pois bem, no dia 26 do mês passado o grupo já foi pro saco. ^__^' Durou pouco e nem pude chegar a vê-las ao vivo. Encerraram suas atividades com graduação de todas as membros num festival em Nagoya (que curiosamente contou com a presença do Luvya, vejam só!). Mas os produtores não desistiram e retomaram o projeto, agora de novo com o (tosco) nome original "Suki, Kirai, Aishiteru.". Por hora, só possuem uma membro (Miyu) no novo grupo, mas estão fazendo audições. Ela já começou a se apresentar, imagino que usando o repertório do Skaboom. Vou continuar monitorando o avanço do projeto e torcendo pra que dê certo, afinal esse gênero de grupinhos idols está quase extinto, após o término do Qam. (sofreu graduação coletiva de todas as membros também, no último dia 15) No caso do Qam, talvez ressuscitem o grupo em junho. Vamos aguardar. No próximo post, eventos do Party Rockets GT, Up Up Girls Kakkokari e novidades dos dois grupos, bem como de outras ex-48 groups. Se eu me lembrar de tudo isso, claro. =P

4 comentários:

wattstax17 disse...

Oh, Yuri of Takenoko? I liked the group a bit. Pity they disbanded so quick. By the way a sister group of JyuJyu.

Second Oh! The Mtopi Fes featuring Bellring Girls Heart and Rhymeberry.I was wanting to join you for Himekyun, but now... :D Is it possible to combine Himekyun with our Saitama plan maybe? LINE me ;) Aah, forget it. I looked it up and the show is much too early. But in close area to the Mtopi Fes...
Just that the DUO is so crappy...

Taking pictures during live shows - how I hate such people :P

Choosing AKB over Next Shoujo? You are the worst :P

You arriving late - again. You explained the reason behind it very well :D

Very nice recap of the daiakushukai. I am so lucky I don't care for AKB at all. So little reward for all the effort you have to put in.

Lol, Yukino is my favourite member in Doll Elements. Why we suddenly like the same girl?

Too bad, you didn't wrote anything on your plans for the big Idol Koushien. Would have loved to see your schedule.

Tsu Yamato disse...

I`m still waiting to decide on which show to see on that day, maybe they add something more interesting (for me) in the festival lineup... but at first my priority is Hime Kyun since there`s been a loooooong time I don`t see them.

I don`t think Duo is all THAT bad. just stay away from the "pillars of death" and you are okay. ;) actually, thinking about it now, they would be useful for me to NOT SEE Bellring. =P

daishashinkai (commonly known as shamekai), not daiakushukai.

who said she is my favorite member? she just caught my attention, nothing more than that. you are already trying to force Arisa down my throat, if you try the same with this Yukino girl I'll rage! >:( hey no words on the 4minute comparison? I thought you'd like it. and help me with the name of the song (that looks like k-pop).

don't worry, soon there will be a huge report about Idol Koushien here. ;)

wattstax17 disse...

I noticed your 4minute reference (great song btw) but I have no idea about the dancing style of Doll Elements. I am just glad that they don't do that exaggerated 4minute stuff. It is to over the top and vulgar.

And don't be so thin-skinned about me calling Yukino your favorite member. I know that you don't care for the group ;) Still find it interesting that we both share the same notion. The only other occurence I remember was Nono of Next Shoujo Jiken. Nevertheless with Arisa resistance is futile :P

I happily await your blog post about the Koushien then. I check back in ... Octobre? Then you should have written about it ;)

Daniel Bana disse...

Gostei do seu blog , sou do Brasil, gosto muito de Idol , o grupo que mais gosto é Ebichu , gosto muito também de Momoclo primeiro grupo que gostei , sou fã de todos grupos da Stardust , da Helloproject sou fa de Angerme e de Underground curto Gang Parade antigo POP