quinta-feira, 24 de julho de 2014

Aí sim fomos surpreendidos novamente!

Eu poderia estar usando esse clássico bordão do "Velho Lobo" Zagallo para me referir aos acachapantes 7 a 1 da Alemanha sobre o Brasil. (que Copa sensacional foi essa! Brasil e Japão goleados e humilhados, não tem preço! bem feito pro Felipão. quem mandou falar que voltaria ao Brasil para o treinar o Grêmio, que era seu time de coração e tals... mas acabou indo treinar o Palmeiras. a bola pune. inclusive agora que não tem mais Copa do Mundo nem Aprendiz Celebridades para eu assistir e o mercado de transferências do futebol europeu e da NHL já deu uma esfriada, devo voltar a dar mais atenção ao blog. ^__^' gostei das transferências do Schalke 04, da Sampdoria e do Valencia, em especial a saída daquele naba do Ricardo Costa. mas a que eu gostei mais foi sem dúvida a volta do artilheiro Kris Boyd para o Rangers, para a disputa da segunda divisão. o time continua em sua longa jornada de volta para a elite escocesa e terá pela frente talvez a segunda divisão mais disputada e interessante de toda a europa, enfrentando equipes tradicionais como Hibernian, Hearts, Falkirk, Raith Rovers... sem falar no simpático Cowdenbeath, apelidado de "the Blue Brazil"... não é a toa está na segundona =P mas falando sério, está bem mais convidativa que a primeira divisão. pena que minhas alegrias no futebol não se repetiram no ice hockey, onde o meu Colorado Avalanche teve uma offseason pra ser esquecida. -___- Stastny saindo de graça pro rival St. Louis, novela da renovação ou saída do O'Reilly sendo estendida para a próxima temporada, péssimas transações e nada de arrumar a defesa, só ficam contratando 3rd pairing defenders... pra piorar ao que tudo indica meu ídolo Bordeleau deve virar reserva nessa próxima temporada por causa dos contratados. Avs sem a habilidade do Bords é duro de acompanhar...) Só que não. A primeira surpresa está, adivinha, relacionada a... idols. Mais precisamente ao BiS.

Eis que na terça-feira dia 8, o grande momento chegou. O último show do grupo antes de sua dissolução. Entitulado "BiS nari no Budoukan", foi realizado no Yokohama Arena diante de cerca de 8 mil pessoas. Um número e tanto, apesar do local comportar bem mais que isso (praticamente o dobro). Esses fãs cantaram o clássico "We Will Rock You" do Queen junto com o JunJun e puderam presenciar o "Dream BiS" (as seis integrantes finais mais UK, Rinahamu e Mitchel. nada de Yuffie ou Waki. que deselegante) abrindo o show com "nerve". Depois de um filme contando a história do grupo e um MC inicial, cantaram direto, non-stop, 48 músicas num total de três horas e meia de show. (alguém pensou em Up Up aí?) Pra quem conhece o grupo e acompanhou o que elas andaram aprontando recentemente, até que o show foi tranquilo, careta mesmo. O máximo que teve foi a Pour Lui puxando coro de "oppai! oppai!". Mas ninguém ficou nua ou mostrou mais do que devia. Ufa. Num momento teve um botão de emergência enorme aparecendo e precisando da ajuda da platéia para "salvar" a apresentação. Rolaram lágrimas, algumas doideiras por parte do público e encerraram de novo cantando "nerve". Não aconteceu nada constrangedor como eu temia, que bom. Afinal a última impressão é a que fica e eu não queria que o grupo ficasse estigmatizado (mais do que ele já é). Mas isso não quer dizer que não aconteceram surpresas: primeiro anunciaram um outro show, uma "saideira" no dia seguinte em Shimokitazawa. Numa casa pequena, esse foi um show mais doido "com cara de BiS" mesmo. O ingresso custava 30 mil ienes (!) pois dava direito a bebidas e comidas à vontade (a comida em questão era um monte de sanduíches do McDonald's ^__^' ). O grupo inclusive ainda se encontra cumprindo uns compromissos comerciais e com lançamento de dvds, sendo assim o site ainda está no ar e o BiS ainda não desapareceu completamente.

Mas o grande anúncio foi do que virá pela frente. Qual será o futuro das meninas. Pois bem. Pour Lui vai seguir carreira como vocalista da banda Lui Frontic Matsukuma Japan, mantendo a parceria com o Kenta Matsukuma, ex-produtor musical do BiS. O projeto foi iniciado no início do ano (e eu nem estava sabendo ^__^' ) e agora eles vão se dedicar por completo nele. Ela meio que volta às suas origens, podemos dizer. Achei mais ou menos o som, prefiro o Morphine Tokyo da UK. Nonchan e Uipon vão seguir juntas num projeto ainda não bem definido, entitulado Billie Idle (numa referência ao famoso Billy Idol). Nonchan comentou que não vai ser idol, elas farão peças, apresentações cômicas e coisas assim. O JunJun vai continuar trabalhando com as duas. A Tenten vai voltar a se apresentar solo como ela fazia antes de entrar no grupo (será que voltará a dar as caras no Dear Stage em Akihabara? no site da casa aparece o nome dela... se ela aparecer por lá vou querer conferir algum dia). Suas primeiras aparições pós-BiS já aconteceram nos dias 20 e 21 deste mês. Numa delas, teve a "DJ Tentenko" se apresentando logo depois da Yuffie. Coisas da vida. Megumon a partir de setembro vai integrar um novo projeto, ainda sem muitos detalhes, entitulado Book House Girl Kakkokari. O que me preocupa neste caso é que o produtor responsável por esse novo grupo (?) é ninguém mais ninguém menos que ele, Kenta Sakurai. O maluco bi-polar ex-produtor da Izukoneko. E eu que pensava que já tinham internado essa figura... =/ Boa sorte para a Megumon porque ela vai precisar. Mas quem mais me surpreendeu foi a Saki. Quem diria. Ela não só vai prosseguir como idol, como irá formar uma dupla entitulada Pla2me com ela, Mari Mizuta, a futura ex-Izukoneko! =O Esse é o projeto mais bem encaminhado, já tem site oficial e lançamento do primeiro cd para o próximo outono, pela gravadora T-Palette Records (do Up Up e Lyrical School).

Não só isso, o primeiro show delas já tem data para ocorrer: 2 de agosto. Em pleno Tokyo Idol Festival! Não é brinquedo, não. (diga-se de passagem agora já definiram todos os 136 grupos que participarão do evento neste ano e... as "grandes atrações" vão ser o HKT48 de novo u___u e o S/mileage. putz, broxante) Não pude ver o momento histórico da morte do BiS, mas agora tenho de ir no festival deste ano para ver pelo menos o nascimento daquela que parece ser a mais promissora semente do grupo. Enquanto isso a Yuffie segue sua carreira solo (se o próximo single não parece grandes coisas, pelo menos do site oficial eu gostei, muito bem feito), UK na sua banda (se as meninas do BiS não ficaram peladas no último show, a UK em compensação ficou, no clipe mais recente do Morphine Tokyo. desnecessário, menina. u__u em tempo: odeio esse novo cabelo dela. e a música é chata pacas. estão atrás de um novo guitarrista, pena que eu não sei tocar porra nenhuma =P ), Rinahamu produzindo o Akishibu Project (e andou atacando de DJ recentemente também, não sei se ela vai dar prosseguimento ou foi só uma curtição)... só ficaram faltando a Waki e a Mitchel. A segunda vive acompanhando idols por aí (ela gosta do Lyrical, Momokuro, Berryz Koubou, Izukoneko...). Bem que poderia voltar aos palcos... =/ Enfim, mudando de assunto, deixa eu falar de algumas muitas tranqueiras que eu andei comprando recentemente. Primeiro teve minha ida até Kunitachi, uma cidade satélite de Tokyo ao sul daqui onde moro. Não tem muitos atrativos por lá, por isso andei pouco. Só fui mesmo na loja da Giant comprar mais equipamentos para minha bicicleta. (tem outras lojas oficiais por aí, mas essa era a mais próxima de casa) Kunitachi é uma cidade estudantil que abriga três importantes universidades. Assim como outras cidades vizinhas da capital, tem aquele clima meio interiorano, meio frenético.


Nesse dia em particular as ruas estavam bem lotadas. Aliás no verão japonês tudo quanto é lugar fica lotado, impressionante. Parece que a japonesada fica trancada em casa no ano inteiro e sai todo mundo de uma só vez nessa época... Achei curioso que dentro da estação de Nishi-Kokubunji, no meio do caminho, tinha umas lojas na plataforma com estilo meio-oeste americano. Entre elas tinha um Mister Donuts onde... agora eles lançaram um donuts com recheio sabor Calpis! É mole!?! A maior invenção da história da humanidade, fácil. Amo muito tudo isso. *___* Bom, a loja da Giant fica a alguns quarteirões da estação, caminhando por uma das ruas comerciais principais do pedaço. Parece pequena por fora mas tem coisa pacas lá. Eu comprei: manoplas ergonômicas, para-lamas dianteiro, cestinha removível com adaptador para encaixe rápido, farol traseiro, porta garrafa, velocímetro wireless com várias funções e luvas. Agora sim a bicicleta está prática e bonita. =D Faz 50 km/h brincando. Em breve farei uma aventura com ela e trarei o report aqui no blog. Eu pensei em tunar ela tipo itachari, mas fica pro futuro. Como ela tem aro 27.5 é complicado achar materiais (ou quem os faça) para tuná-la. Eu devia ter pensado nesse detalhe antes... paciência. Em outra folga, fui até Shinjuku, para visitar a loja da Tower Records que já a um bom tempinho eu não via. Saindo da estação, vários artistas iniciantes se apresentavam no calçadão, como de costume por ali. E obras. Muitas obras. Por toda a cidade já se vêem muitas obras sendo feitas, em especial no entorno das principais estações. Já estão se preparando para as Olimpíadas de 2020. (sacumé, diferente de certos países onde tudo fica pra última hora, por aqui as coisas são feitas com bastante antecedência)

Reparem no letreiro do guindaste: "Azusa no.1". Eu concordo. Yay! =P Dentro do shopping, chego na loja e... segunda surpresa! Mudaram a seção de idols de lugar! >___< Ela agora foi transferida para o oitavo andar. Não é só um andar a mais para subir, mas o novo espaço é bem inferior ao de antigamente. Cadê os cartazes do Up Up, as montagens com televisor do Denpa Gumi, o painel com lista de todos os mini-lives a serem realizados na loja...? Eu sempre disse que aquela era a melhor loja para se comprar cds e revistas de idols na cidade, mas aí os caras aprontam isso? Parece até que resolveram enfiar as coisas num cantinho qualquer, só tinha um singelo espaço da Izukoneko e olhe lá. ps: no antigo espaço, ampliaram as seções de anisongs e visual kei. Argh! Bom, de qualquer modo torrei uma grana considerável ali e comprei vários cds antiguinhos que eu ainda não tinha (e estava precisando pois na net não achei pra baixar): "Room EP", "Saigo no Neko Koujou" e "Last Summer EP" da Izukoneko; "Haru Kanata" e "Jounetsu, Emotion. ~Real Idoroll Gift~" do Hime Kyun Fruit Can; "Final Dance/nerve" do BiS e os recentes "Zenryoku! Pump Up!!/Kono Melody wo Kimi to" do Up Up Girls Kakkokari e "MagicalHappy Summer" do Namida. Este último é o primeiro mini-album (finalmente) do grupinho, lançado no último dia 9. Veio com um dvd contendo o clipe da música "Cinderella" e um card da tal de Marina Tachibana. Não sou fã mas como praticamente presenciei o grupo nascendo, resolvi dar uma conferida e... até que é musicalmente interessante. A arte do cd é tosquérrima (assim como o clipe), mas dentro tem cinco músicas todas com versão instrumental e acapella. "Kimi iro Summer Day" e "Nidome no Love Letter" tem cara de música do Asfi. "Cinderella" parece música antiga do Denpa Gumi.inc.

Já "Natsu no wktk" me lembrou o Not Yet. E a outra faixa, "Happy Beam"... bem, esta é zoeira pura. Tenho de voltar a ver o grupo algum dia desses e quem sabe falar com a ex-AKB Nae, talvez aí eu passe a acompanhar o Namida mais de perto. Na foto tem ainda as três versões do álbum "Chu-Z My Music" do Chu-Z, mas esses eu comprei em Yokohama, num evento que eu vi mais tarde no mesmo dia (sobre o qual eu comentarei no próximo post). Na última imagem tem o best album "Uryaoi!!!" do BiS, que eu encomendei na net. Eu havia dito que compraria a versão mais cara né. Pois bem, a embalagem é um show à parte com as versões anime e boneca-inflável (!) de cada uma das integrantes. ps: na versão anime deram uma senhora "turbinada" nas meninas hein. =P Dentro tem os 2 cds de músicas e 3 dvds com imagens delas em Okinawa (local do clipe de "Final Dance" e da sessão de fotos pro photobook), delas durante a última turnê e todos os clipes do BiS. Vieram ainda umas trading photos e adesivos de gosto duvidoso, um oppai mouse pad randômico (o meu veio da Nonchan. putz) e claro, o photobook. Sério, achei ele o melhor do pacote. Eu esperava algo apelativo e vulgar mas não, está um photobook até que apresentável. =D Só não vou dizer que está "de bom gosto" porque essa expressão e BiS juntos na mesma frase não combinam. Ah! Não podia faltar uma trollada básica né, com um homem na capa da bagaça (na capa pra valer, interna). Na outra foto tem duas revistas que comprei nesse dia: a CD Journal edição de julho, com o Up Up na capa. Além de uma baita matéria com o grupo (Akari comenta que já escalou o Mt. Fuji antes. é a única porém. já estou vendo que aquele show no topo da montanha vai acabar sendo uma apresentação solo =P ) tem ainda entrevistas com o Berryz Koubou e 9nine. Legal que graças a essa revista fiquei sabendo que a Ayako Nakanomori, ex-vocal do Nakanomori Band está de volta com carreira solo.




Sério, eu estava por fora. Achava a banda tão legalzinha... e ela tão gata... Vou ficar de olho daqui pra frente porque... ela continua gata bagarai, casava fácil. *___* A outra é a Nikkei Entertainment Idol Special, com o Super Girls na capa. Além de longa matéria com elas, tem o Fairies (uma delas lançou single solo né. está sendo promovido pacas nas lojas da cidade), S/mileage, Fudanjuku, Dorothy Little Happy, a coreógrafa Natsumi Takenaka e o melhor: Passpo! Duas páginas pra cada uma delas. Uma das melhores matérias com o grupo que eu já vi até hoje. Nachu fala da sua dificuldade com dança e consequente importância da Takenaka na sua carreira, além de contar que seu pai prometeu ver o show delas se elas se apresentarem no Budoukan, por isso ela quer atingir esse objetivo. MioMio fala de seu gosto por rock (gostaria de ter uma banda no estilo do Judy And Mary), por baixo e bateria (como a Annya já tinha escolhido bateria, ela pegou o baixo no 'band Passpo') e de sua coleção de dvds (filmes de terror e do Studio Ghibli). Ela fala que quer fazer um novo photobook... eu aprovo essa idéia. =) Fala que quer continuar com o Passpo até elas conseguirem fazer um show no Budoukan e esgotar os ingressos em 3 minutos (The Brilliant Green, alguém?). Vai ser difícil hein... Eu vi uma outra revista com ensaios fotográficos de várias meninas e entre elas tinha a Macocchan, quase nem reconheci. Muito diferente, num ar mais maduro e 'mulherão'. Mas essa eu não comprei... talvez em outra oportunidade. Falando no grupo, deixa eu colocar aqui os links pros últimos programas delas: dia 10 (com Morishi, Aipon e Yukky. sou só eu ou o figurino delas nesse dia estava horroroso?), dia 17 (esse é especial. Nachu, Naomin e Annya recebendo de convidadas o trio Asuka, Kana e Miku do Chu-Z! *___* esse episódio foi zoado demais, só achei que pegaram no pé da Miku demais, tadinha. =/ )...
 
E dia 24 (com Sacotii, Macocchan e MioMio. acho que o episódio mais guda guda até hoje ^__^' Makoto, bóra se empenhar mais, menina! inclusive... não consigo imaginar ela, com aquele jeito mortinha, dirigindo. enquanto isso a MioMio finalmente mostrou sua habilidade pra desenhar de verdade). Já no "Muriyari", teve edição da Annya (ela de dona-de-casa? M-E-D-O!), da Nachu (era pra ser com a Naomin mas a Nachu roubou o episódio... e valeu a pena, um sarro. kkkkkkkk ela ficando bêbada numa limusine com as meninas do 3min. eu morro e não vejo de tudo nessa vida!) e da Naomin (andando de helicóptero. infelizmente não até onde ela queria). O primeiro com a Aipon eu achei mais ou menos, mas os seguintes estão caprichados, estou curtindo a série. Promissora, se continuarem com ela por um tempinho e não encerrarem abruptamente. =/ Bom, lá na foto tem ainda o panfleto da peça da Nakatsuka que finalmente eu recebi em casa um dia desses. Já era hora. Mas só tem uma fotinho dela. =( E diga-se de passagem, ela ultimamente só anda passeando né, nada de peça ou filme novo... acho que ela nem esquenta a cabeça com isso, trabalhar pra quê né, Tomochan?! ^__^' E tem duas revistas que andei comprando em outras ocasiões: Young Champion número 15 com o French Kiss (ainda existe???). Parece que em outubro tem single novo do trio né, enfim. Comprei a revista afinal vinha com pôster, clear file e umas fotos bem... 'potentes', né dona Yukirin. =D E B.L.T. edição de julho, com o Super Girls em destaque. Conta ainda com Linda Sansei, AKB48 (umas meninas que eu não conheço, só reconheci a Furuhata), Nogizaka46... e o motivo de eu ter comprado: uma matéria especial com o Passpo enfrentando o LinQ numa partida de futebol. O Passpo perdeu, mas pra minha alegria a Nachu não foi votada como a pior atleta, surpresa! =O A 'honraria' ficou com a Aipon.
 
E aí só pra encerrar o post, a terceira surpresa que eu tive: está dando o que falar a participação da ex-SKE e atual AKB Yuria Kizaki num dorama que estreou recentemente. GTO, em sua segunda temporada de remake da famosa e controversa série (que saiu dos mangás e já passou pelos animes). 2ch entrou em ebulição com as cenas dela de lingerie sendo molestada numa gaiola. Pois é, num é só no Brasil que exibem porcarias em horário nobre na tv. ^__^' Quanto à Yuria em si, achei as cenas bem fraquinhas, mas sacumé... japonesada desocupada pega no pé de qualquer coisa. Mas o que me surpreendeu não foi isto, mas saber que nessa série ela faz o papel de uma menina que trabalha na Fire House! =O Sim, a lanchonete que eu visitei algumas vezes e cheguei a comentar a respeito aqui no blog, por ter um dos melhores hambúrgueres da cidade... Neste link do episódio 3, por volta dos 9:30 minutos ela aparece e logo em seguida se vê claramente a fachada do local e tudo mais. =D Fala sério, se na vida real ela (ou alguma menina tão kawaii quanto) trampasse lá, eu iria todo dia comer naquele lugar! *___* ahhhhhh

2 comentários:

Will - @iul118 disse...

Então, provavelmente, se em 2015 o Passpo fizer show no Budoukan (a depender do live no City Hall), Nachu e Miomio irão embora do grupo...
E pensar que a banda poderia segurar essa "fórmula perfeita" por pelo menos mais 5 anos, é...

Tsu Yamato disse...

você está sendo muito otimista (ou pessimista dependendo do ponto de vista)... a julgar pelas vendas e tamanho da fanbase do grupo hoje, eu não vejo elas fazendo show no Budoukan num futuro próximo não. basta comparar por exemplo com o Denpa Gumi. elas puderam fazer show no Budoukan, afinal estão vendendo na faixa dos 40 mil cds... o dobro do Passpo. se o BiS que vendia na faixa dos 30 mil só encheu metade do Yokohama Arena, quanto você acha que o Passpo levaria? seria um fiasco.