segunda-feira, 23 de julho de 2012

Pero Pero Chu Chu!!!

Bom, aí que neste domingo fui até a loja da Tower Records em Shinjuku (uma das maiores lojas de discos de Tokyo, três andares de cds e dvds e um canto generoso dedicado a idol groups) para um evento especial de lançamento do single novo do BiS. O cd foi lançado último dia 18 e marcou a estréia delas numa grande gravadora, a Avex. Entitulado PPCC, ele está sendo comercializado com SEIS versões (estratégias AKBísticas de marketing), quatro músicas diferentes num total de doze faixas (tem instrumental e acappella de todas)... fora os brindes que você ganha ao comprar nas diferentes lojas. Lá só haviam quatro versões, então comprei quatro cds e peguei um pôster (brinde limitado da Tower Records) e três ingressos pro evento. Se pá, devo comprar as outras duas versões em outras lojas pra ganhar os outros brindes (namashashins *___* ). Ah, as versões limitadas já contam com um card de uma delas dentro. 

O que um contrato com uma grande gravadora não faz né. Cd caprichado com uma penca de versões e brindes e razoavelmente bem divulgado, N eventos de lançamento por aí, novas roupas, coreografias mais elaboradas, participações em campanhas publicitárias e aparição em vários eventos e festivais... e o maior: novo show one-man, dia 21 de outubro no Akasaka Blitz! =O Já comentei desta casa de shows naquele post da Aya Hirano né. Mermão, incrível isso. BiS fazendo um show lá é como um sonho, impensável a pouco tempo atrás. Com certeza estarei lá.

Falando do single, foi tranquilizante que a ida pra Avex não alterou a linha delas. Músicas puxadas pro rock, com influências do punk ao metal, muitos gritos, letras escritas por elas próprias... a Waki, que entrou a pouco tempo já se meteu a escrever a faixa 2, hokousha tengoku no zattou de sakende mitakattanda (traduzindo, algo como 'porque eu queria dar uns berros em meio à multidão na via de pedestres'. ROFL!), a música mais 'convencional' do cd. Já PPCC é uma mistura maluca, com uma intro épica, refrão grudento e um clipe sem sentido. Ok, o BiS é chegado em clipes meio malucos e controversos, mas este eu achei fraco, sem um significado mais profundo como nos anteriores... só tem a parte da controvérsia, com elas brigando de swinsuits e lambendo sangue (ROFL!). Crack Crack é a hora do metaaaaaal, cara, metaaaaaaaal. Pra encerrar uma cover divertida de Survival Dance ~no no cry more~, música BEM famosa por essas bandas. Foi o primeiro grande sucesso (primeiro lugar do Oricon e mais de um milhão de cds vendidos) do grupo TRF, lá em 1994.

Sabe, eu gosto dessa idéia de fazerem covers. Tomara que continue e elas façam umas covers de outros artistas da Avex... tipo SKE48. =D Imagina uma versão rock de Okey Dokey... ovularia horrores. Já uma idéia que eu não sei se gosto tanto é esta de fazerem novas audições atrás de uma sexta integrante. Corrido demais isso, fazem poucos meses que entraram a Waki e a Michel... sem falar em toda essa mudança de gravadora e tals. Só torço pra que entre uma menina gostosa que se encaixe bem no grupo. Já que elas gostam de gerar controvérsia e provocar, podiam selecionar uma ex-membro de outro grupo (sim, estou pensando na Nacchan. sim, ela num tem NADA a ver com o estilo do BiS, por isso mesmo seria engraçado =D )... ou melhor ainda, um retorno da Yukiko (com sua latinha de Red Bull). S2 S2 S2   

Ah! Inclusive, antes de finalmente falar do evento em si, andei vendo que praticamente não falo do BiS por aqui. .___. Já andei vendo elas várias vezes, falando com elas, tirei um 2shot com a Pour Lui e tudo e... necas de contar aqui. .___.' Tá certo que o BiS (até agora) não tem muito merchandising e não faz(ia) muitos eventos por aí, pra eu poder entrar de cabeça no fandom do grupo e me empolgar a ponto de escrever no blog... Mas pretendo mudar isso, não se preocupem, meninas! yakusoku da yo!

Pois bem, tudo aconteceu ali dentro da loja, num pequeno espaço em meio a prateleiras e do lado dos caixas. O evento era pra começar as 18 horas e terminar às 20, mas por algum motivo foi tudo adiantado e assim, quando cheguei, já tinham feito a introdução e estavam começando a cantar IDOL. Com toda as limitações, foi bem divertido, elas se entregando totalmente ao show (Waki até ficou rouca), bastante gente... umas fotos (de baixa qualidade ^__^' ) pra se ter uma idéia:



O som do local estava surpreendentemente muito bom. Elas demonstrando um certo cansaço pela maratona de eventos (teve um deles que durou 24 horas. o__o coisas do BiS...), mas sorridentes e fazendo muitas brincadeiras. Gostei do que deu pra ver das novas coreografias... E os wotas estavam bastante empolgados, tinha um maluco lá que num parava de gritar besteiras. XD Elas depois cantaram Nerve e as músicas do single, na ordem: hokousha tengoku, Crack Crack, Survival Dance e PPCC. Alguns breves MCs agradecendo o pessoal e falando da expectativa daqui pra frente. E então, hora do evento começar pra valer: ketsubattokai e 2shots!






Apesar da ida pra Avex, pelo menos por enquanto não tem a frescura de não poder tirar foto, então deu pra registrar bastante coisa, como os momentos de descontração delas, principalmente da Waki. Vale dizer que é impressionante o como ela tem melhorado tão rápido! Já destronou a ChikaLinda no meu posto de "menina feia mais linda do mundo". S2

Neste evento ao invés de aperto de mãos fizeram este ketsubattokai, que consistia em levar uma tacada das meninas na bunda. o__o Não, sério! Elas ainda te perguntavam como você queria, se forte, mais devagar... Mais uma vez, coisas do BiS. ^__^' Neste momento num deu pra falar muita coisa, a não ser cumprimentá-las e pedir pra bater forte. /sadomaso feelings Fingi que doeu mas é claro que na verdade doeu nada, elas são fraquinhas, como qualquer female idol que se preze (sim, Sae, Sayaka e outras idols de sexo indefinido são um caso à parte). Depois veio a hora dos 2shots. Eu já tinha uma foto com a Pour Lui tirada naquele show one-man delas que teve o anúncio da ida pra Avex e tals. E tinha mais dois ingressos. Então decidi gastar numa foto com a Waki e em uma com a Yufu.  

  
(aproveitando, o 2shot com a Pour Lui...) 


Com a Waki rolou um cumprimento básico e ela riu e agradeceu quando viu minha sacola com os cds e pôster. ^__^' Num deu pra falar muita coisa até porque eu num estava entendo bulhufas do que ela, rouca, falava. XD Com a Yufu eu tive a sorte de acabar o filme da câmera do staff, que teve de ir trocar. Nisto eu pude ficar batendo papo com ela. Ela (assim como a Pour Lui) me reconheceu de outras vezes e estava bastante empolgada. Me perguntou de onde eu era e disse que era brasileiro. Ela perguntou se estava morando no Japão, por já ter dado as caras tantas vezes. Eu disse que sim, que tinha chegado a cerca de dois anos pra trabalhar e vivia em Saitama. Ela riu e disse que eu tinha um nihongo bom. Gentileza né. Eu disse que não, nada disso, ainda tinha muito pra aprender. Ela então disse que o que ela precisa aprender é inglês, que ela num manja nada. Eu então questionei "mas pow, você canta músicas com inglês" e ela rindo disse que é verdade, mas ela se atrapalha toda quando tenta falar e passa horas pra decorar os trechos em inglês das músicas. =D Uma graça.



Fiquei até o fim pra a ver o agradecimento e a saída delas, com vários presentes. É, vida de idol tem suas vantagens também. Até a próxima, meninas. =)

Nenhum comentário: