quarta-feira, 1 de outubro de 2014

Passpo flight no Shinjuku Blaze (ou "o dia em que eu ziquei o Passpo")

Pegando o gancho do post anterior, no domingo dia 28 foi a vez de retornar ao bairro de Shinjuku, mas desta vez para uma casa de shows bem maior e melhor equipada, o Shinjuku Blaze. Ali seria realizado o show one-man do Passpo referente à turnê "Kessei Goshuunen Count UP Tour - Chuuhen", o primeiro one-man delas na cidade após bastante tempo (fato que elas comentaram a respeito num dos MCs). Comentaram também sobre o fato de os ingressos terem esgotado, comemorando. Cá entre nós, acho que vender 800 ingressos pra um grupo do porte do Passpo não é mais do que obrigação, mas enfim. Para os Passpo wotas esse dia teria um atrativo especial: a comemoração do aniversário da líder (e menina mais peituda famosa) Aipon. Ela fez 22 anos de idade no dia anterior e já havia sido informado previamente que haveria uma sessão especial pra ela neste dia. Seriam duas sessões, mas desta vez nada de distinção entre 'show idol' e 'show com banda'. Já logo de cara me surpreendi ao ver que a sessão especial dela seria a primeira... o mais lógico seria deixar o 'clímax' pro final né. E deixaram. Mas não o tipo de clímax que eu e o resto da galera esperava... =( Bom, eu assisti às duas apresentações, basicamente porque fui intimado a tal. Eu não estaria sozinho, Tobias (o alemão) e sua irmã vieram passear pelo Japão novamente e iriam a este show. Ele me convenceu a ver as duas sessões e não posso reclamar, foi bem divertido. Pudemos bater papo e andar por aí antes dos shows e ele, me deixando constrangido com tamanha gentileza, me entregou uma sacola de presentes. Literalmente. o__o Acho que em todos esses anos de vida somando todos meus aniversários não recebi a quantidade de coisas que ele me trouxe. Da Alemanha foram doces, camiseta e boné (do St. Pauli. meu terceiro time na Alemanha, após o Schalke 04 e o Sttutgarter Kickers). Da Coréia do Sul (por onde ele passou antes, afinal ele é rico tem uma irmã que mora por lá) trouxe-me o single "Uh-ee" do Crayon Pop e o mini-álbum "Day & Night" do Kara, o primeiro do grupo após as mudanças de integrantes, que veio com um pôster.

Vale dizer que eu acho muito loko esse negócio que os grupos coreanos fazem de vender cds com photobooks embutidos (ou seria o contrário? o mini-álbum do Kara tem formato de livro e o cd vem encaixado na contra-capa). É diferente e tão... glamuroso. (oi?) kkkkkkkk Sério, os grupos japoneses deviam copiar esse formato. Por aqui você até acha essas versões coreanas luxuosas mas custam o olho da cara. .___. Na mesma foto aparecem os cinco sets de trading photos que eu comprei na banca de goods (dois da Sacotii, um da MioMio, Aipon e Nachu). Tenho quase certeza que alguns eu já deva possuir, mas tudo bem. Comprei essas fotos só pra poder participar das atividades mesmo. (o grupo tem esse péssimo costume de só dar tickets para atividades em determinados goods, outros não. ainda tinha o agravante do limite de 5 tickets por pessoa. não daria portanto pra fazer lá muita coisa, ainda mais se você quizesse um group 2 shot, pois custaria 3 tickets) Em tempo: que coisa medonha é a camiseta nova do grupo que lançaram pra essa turnê hein?! Meu Deus, não usaria aquilo em público nem se me pagassem. Em meio à multidão que se formou do lado de fora, notei a presença grande de meninas no meio dos fãs. Acho que nunca vi um show do Passpo com tanta menina. E isso que o grupo já costuma ter mais fãs mulheres que a maioria por aí. Haviam wotas distribuíndo penlights brancos (para serem usados em "Kucha Love") e broches para comemorar o níver da Aipon. E também wotas arrecadando contribuições pra poder comprar tranqueiras similares para os aniversários (em breve) de outras membros. MioMio, Macocchan, Sacotii... o Tobias, com dinheiro sobrando caridoso, deu dinheiro a uma menina que recolhia fundos pro níver da última. Na certa só porque era uma menina. =P (ps: lembrete pra mim mesmo >> da próxima vez fazer algo parecido para o níver da Nachu, uma vez que o cabeludo -que incrivelmente não estava presente nesse dia, algo raro- e os outros sete fãs dela não demonstram ter cara-de-pau paciência para tal)

Eu já devia ter sacado logo de início que naquele dia coisas estranhas estariam para acontecer, uma vez que não tocaram Avril Lavigne antes das sessões começarem, como costume. As duas sessões foram bastante parecidas, ambas com elas trajando o 'uniforme sueco', falando as mesmas coisas nos MCs, repetindo parte da setlist... E ambas foram bem agitadas. Eu que já cheguei no passado a reclamar que os shows do Passpo eram muito 'mornos', com público que não agitava tanto (levando em consideração as músicas com pegada rock que o Passpo tem)... hoje em dia já não tenho mais do que reclamar. Rolou moshing, diving, lifting... para o gosto da maioria, as coisas atualmente andam perigosas demais. Pra mim, um ex-BiS wota, me sinto em casa. Só não participei mais ativamente da zoeira porque estava muito apertado e eu, entrando já em meio aos últimos por causa da alta numeração de meus ingressos, não tinha como chegar mais perto. Mas tratei de incomodar bastante quem estava à minha volta. kkkkkkkk Tentei subir em cima daquelas grades instaladas no meio da pista, mas não consegui. No Blaze, elas são removíveis então balançam demais. Eu teria que ter tido ajuda para tal. Num momento notei uns staffs em meio ao público para tentar coibir os excessos de alguns. Na minha opinião, os caras só passaram dos limites quando ficavam interrompendo as meninas em seus discursos nos MCs e introduções de músicas. Bóra mostrar respeito e fazer silêncio, prestando atenção, galera. Não notei a presença de outros gringos fora nós três, mas é bem possível que houvesse mais alguém. E também não notei a instalação de uma área reservada para meninas. Se tinha, estava mais pro fundão, longe do palco. Inclusive nele só havia um grande logo do grupo ao fundo, mais nada. No hall de entrada, junto à escadaria, posicionaram uma câmera ligada para filmar o movimento. Num MC elas comentaram que quem quizesse deixar alguma mensagem, podia. Pretendem usar as imagens no grande show de ano novo, final da turnê, no Tokyo Dome City Hall.

Eu deixei duas mensagens, quem sabe selecionem alguma né. Se bem que depois desse dia não sei se me tornar um wota famoso na fanbase seria uma boa idéia... ^__^' Bom, na primeira sessão teve: abertura; "Shojo Hikou"; "Material Girl"; MC com apresentações pessoais; "Cosmic You"; "Break Out!!"; "Beast In You"; "Tap My Toe" (que teve uma coreografia especial idealizada pela Sacotii durante o instrumental, com arranjos novos. ela disse que vai bolar o mesmo pra outras músicas); "Mask"; MC falando da música seguinte, com direito a Macocchan dizendo que gostava da parte solo (algo raro) da Nachu, pelo significado profundo (Annya, que criou a coreografia pra essa música, já zombou dizendo que só podia gostar pelo significado mesmo, porque se dependesse da voz da Nachu...); "Shiny Road" (que eu ouvi pela primeira vez ao vivo); "Perfect Sky"; MC explicando a 'historinha' por trás das apresentações seguintes (aquele momento quando o grupo se divide em dois. o time do "Shang Shang" seria um grupo idol famoso na China enquanto o time do "hacchake tai" seria um grupo idol famoso no Japão, com a Morishi sendo uma artista convidada e apelidada de "Gen-san"); "S.O.S" (cover do Pink Lady, cantada no lugar da tradicional "Shang Shang Chandelier". solo da Aipon com as demais só dançando); "Kibun wa Saikou! Saikou! Saikou!" (com a Aipon sentada no meio do palco. fizeram de papelão um mikoshi pra colocar em volta da cabeça da coitada); MC com as demais retornando ao palco e algumas homenagens à Aipon, que foi gentil e disse que sonhava em participar mesmo no "hacchake tai" algum dia; "Truly"; "Pretty Lie"; "Kucha Love" (o momento do público todo de penlights brancos); MC com mais homenagens para a aniversariante (sem 'parabéns pra você' ou bolo, porém) e ela comentando que já desconfiava de que algo aconteceria nessa música; "Wing"; "Natsuzora Hanabi"; "Wanted!!" (a esta altura já garantida como uma das músicas onde a pista fica mais perigosa); MC com as considerações finais e "Let it Go!!" (praticamente só tinha eu fazendo calls e masai jumps nela. cadê os outros hardcore wotas?).

No encore, puxado aos gritos de "Aipon", voltaram de camiseta e falaram sobre os compromissos futuros. Tem a continuação da turnê, uma exposição de todas as "obras" feitas pelas meninas até hoje em papelão (no próximo sábado, na sede da agência delas em Shibuya. a Yukky fará um workshop com os fãs. ela comentou que muitas das "obras" ela teve de refazer porque as originais já tinham sido jogadas fora. ^__^' já na segunda-feira que vem será a vez da Nachu ter uma atividade especial no local, ensinando algumas coreografias. imagine só, a NACHU ensinando algo... não pode terminar bem isso, né), um talk event com a dupla MioMio e Annya nesta sexta-feira falando sobre a maioridade da Mio a ser completada dia 6 e um programa de rádio que está para estrear em breve, onde a Annya vai participar e falar sobre música em geral. Cantaram "Himawari" e "I", antes de se despedirem. Entre a primeira e segunda sessão foram realizadas as atividades, primeiro o group 2 shot no palco e depois os kobetsu akushukais. Rolou tudo bem mais rápido do que eu imaginava, aparentemente uma parcela considerável do público não participou e foi pra fora esperar a próxima sessão. Mais cedo a fila dos goods parecia enorme, porém... Bom, o Tobias e sua irmã partiram pra uma foto e dois akushus, já eu usei tudo em akushus. Resolvi inovar (e tirar meu atraso) indo falar com cinco meninas diferentes dessa vez, entre elas Macocchan e Annya, com as quais eu ainda nunca tinha tido contato. Não fui várias vezes falar com a minha oshimen. Até porque a Nachu anda meio 'chatinha' demais pro meu gosto ultimamente, parecendo desinteressada (mais do que de costume). Meu primeiro encontro, com ela, só confirmou isso. Foi fácil o akushu mais sem graça do dia. =/ Já começou que ela nitidamente não me reconheceu (ou então ficou triste em me ver. bom... pode ser isso também, caso ela ande lendo este blog =P ). Ela nem segurou minha mão direito. Eu falei sobre o fato dela ter solos em "Shiny Road".


Disse que aquilo me deixava feliz. Ela ficou cantarolando a música. (?) Disse que todas as músicas nas quais ela tem solo se tornam automaticamente músicas favoritas minhas. Ela finalmente sorriu e apertou minha mão. =/ Aos poucos vou começando a achar que eu deveria ter, lá atrás, escolhido outra menina como oshimen... Ainda mais depois de ir falar com a Sacotii. Ela de cara já disse que lembrava de mim do evento em Kashiwa. Eu disse que ela tinha boa memória, ela garantiu que tem mesmo. Comentei sobre sua nova catchphrase (elas haviam inventado catchphrases novas, auto-depreciativas, uns meses atrás num daqueles programinhas de internet né. mas usaram só meia dúzia de vezes. agora, no começo dessa turnê, sei lá porque elas resolveram trocar, pra valer, de catchphrases. algumas não mudaram quase nada, como a Naomin. já a Sacotii e Macocchan mudaram completamente), onde ela fala "chuumoku wa bishoujo" (algo como 'meu interesse são garotinhas bonitinhas', numa referência ao fato dela gostar de idols). Brincando, perguntei como aquilo era possível, seu interesse ser ela própria. Disse que ela estava muito narcisista. Ela logo sacou a brincadeira e riu, dizendo que eu estava interpretando errado e não era nada daquilo. Sacotii é assim, está longe de ser uma das mais bonitas do grupo mas é a simpatia em pessoa, menina super fácil de se trocar idéia graças ao seu raciocínio rápido e modo como ela fala. E diferente de certa integrante já citada, ela saca minhas piadas. (a Sako saca. ha! estou tão engraçadão ultimamente, acho que vou tentar uma vaguinha no Zorra Total) Eu quase voltei a falar com ela, mas por algum motivo cósmico inexplicável e intuitivo, resolvi usar meu último ticket com a Macocchan... Bom, antes fui falar com a Annya. Primeira vez. Eu sempre tive receio de ir falar com a caçula do grupo por causa da língua afiada e jeito debochado dela. Tinha medo do jeito que ela iria me receber. Pois bem. Ao ver minha cara e minha camiseta de time de ice hockey, ela já foi logo fazendo pose de rapper, "yo man!". .___.'

Tipassim, me tirar de americano eu até engulo, mas de RAPPER AMERICANO?! WTF?! Fora isso ela foi bem simpática. Eu me desculpei por nunca ter ido falar com ela antes, sempre encontrar só com a Nachu e a MioMio (que hoje em dia anda com uma cor não identificável no cabelo) basicamente. Ela disse que tudo bem. Eu dise que tinha muita inveja dela, por ela ter apertado os peitos da Aipon duas vezes durante os MCs. (durante uma das músicas ela ficou colocando a mão da Nachu num holofote quente. elas também aprontaram na segunda sessão, quando na última música começaram a subir numas caixas de som e se pendurar na lateral do palco. se tivessem ido mais adiante e partido pro stage diving, teria sido épico. eu nunca mais zoaria a Nachu na vida, eu xuro) Ela ficou rindo (e provavelmente pensando "americano tarado!") e disse que ia apertar mais vezes. Eu perguntei qual a sensação e ela "é gostoso...". Não tenho dúvidas disso! *___* O grande pecado da Annya é usar muita maquiagem na cara. Eu já sabia que ela se maquiava bastante, mas vendo assim de perto... MEDO. Devem ser uns três quilos de reboque na cara, parece uma boneca de cera. Crie juízo e pare com isso, menina! Duvido que sua pele seja tão ruim assim a esse ponto. O outro encontro foi logicamente com a dona dos acima comentados peitos, a capitã e aniversariante, Aipon. Ela era a única no palco (as demais estavam dispostas na pista, em frente ao mesmo) e tinha uma fila gigantesca. Ok, as filas dela já costumam ser bem maiores que as das outras meninas, mas ali por causa do níver estava ainda mais cruel. Enquanto esperava minha vez, notei que ela já havia recebido tantos presentes que tinha duas mesas cheias de sacolas. o___o Porra, quero ser uma idol também! Quando a encontro, primeiro dou os parabéns e me desculpo por não ter levado nada (provavelmente o único pão-duro que ela recebeu no dia todo). Ela ri e diz que não tem problema.

Digo que estou sempre que possível vendo-a nos programas por aí (como no Showroom. no youtube tem os episódios do dia 11 -com Aipon, a yankee MioMio e Naomin-, dia 18 -com Naomin, Nachu e Yukky- e dia 25 -com Naomin, Aipon e Morishi-. tem também o "Muriyari", que anda em ritmo mais lento recentemente. uparam edições extras com cenas inéditas das gravações com Annya e Nachu, Naomin e Macocchan -não é só a Yukky que não come peixe? eita-, Aipon, Morishi e Yukky -Morishi contando das vezes que esquece as letras e acerta os dentes com o microfone... vamos tomar mais cuidado, Morishi!-. episódio pra valer só o oito, com a MioMio, em duas partes. o mais engraçado até aqui, ela e suas caretas são um sarro. kkkkkkkkkk koshi! XD coitada da Sacotii que até agora, nada. por fim estão upando cenas delas logo após os shows da turnê, ao sair do palco. esse foi gravado após a primeira sessão) e que gosto do jeito como ela se veste, que ela tem bom gosto e tals. (em comparação com as outras do grupo, claro) Ela ficou rindo e agradeceu. Aipon tem aquele jeito (e aquela risada) bem característicos dela, uma graça. Pena que minha intenção era depois dizer que por ela ter um corpão qualquer roupa só podia cair bem mesmo, mas não deu tempo de fazer essa punch line e deixá-la envergonhada. =/ Droga, agora a Aipon deve achar que sou um cara bonzinho, não um pervertido... Bom, por fim então ficou a Macocchan. Logo deu pra se perceber porque tanta gente gosta dela. Eu sempre achei ela com um ar meio desinteressado e uma cara de menina que se acha. Pelo menos ali nada disso transpareceu, porém. Ela estava bem sorridente e atenciosa. Uma graça também, mas sem a mesma aura de naturalidade da Aipon. Com ela eu também comentei do fato de ser a primeira vez na qual nos víamos e falei no "Muriyari", que eu também gosto de peixes estranhos das profundezas que nem ela. ^__^ Quer dizer, não dei nenhum motivo pra ela fazer o que faria mais tarde, mas... vai saber...

Na segunda sessão, onde dava pra se ver o cansaço delas e as proteções nas pernas da Morishi e MioMio, teve: abertura; "ViVi Natsu"; MC com apresentações pessoais; "Candy Room"; "Break Out!!"; "Tap My Toe"; "Fake"; MC com Aipon falando que a música seguinte tinha tudo a ver com outono (oi?); "Mousou no Hawaii"; "Love Diary"; "Pink no Parachute" (essa fazia séculos que eu não ouvia); "Sakura Komachi"; MC com a mesma explicação da outra sessão; "S.O.S"; "Hacchake Sensation" (primeira vez que ouvi. achei bem mais legal que "Saikou! Saikou!". aqui elas vieram com o prédio onde a Aipon mora desenhado no papelão. se fizeram de acordo com a realidade, a capitã mora no quarto andar. *stalkers anotando pra não esquecer* desenharam o Penne to Arabiata também, indo lá visitá-la... o que gerou um certo clima estranho ^__^' ); MC igual da sessão anterior, puxado pela Macocchan; "Shiny Road"; "Pretty Lie"; MC puxado pela Morishi, pedindo resposta do público e agitando; "Mudai"; "Step & Go" (várias vezes teve nego indo pro chão com toda aquela tradicional correria de um lado pro outro da pista); "Wanted!!"; "Kucha Love"; MC inspiracional puxado pela MioMio e encerraram com "Himawari". No encore, gritos de "Pa-su-po" e elas voltam de camiseta para cantar "Growing Up". Aí um novo MC, como da outra vez, com os compromissos seguintes. Mas ao invés de irem pra música final, elas deixam o palco e apenas a Macocchan continua. Não pode ser. Público estuperfato. Mas era, o momento pelo qual eu já a um certo tempo esperava, mas sinceramente não imaginava que seria ali, naquele dia. Ninguém esperava. Macocchan num longo e emocionado discurso anuncia sua graduação. ;___; Muita gente chora junto, na platéia. Tinha um wota atrás de mim que chorava feito um bebê, tremendo marmanjo e estava se acabando. Fiquei até constrangido. Achei que pelo estado dela, nem fosse conseguir terminar o anúncio. Macocchan sempre foi a menina pela qual senti menos empatia, mas mesmo assim... foi triste. O fim de uma era, mas espero que não o fim do Passpo.

Foram rápidos e além do vídeo feito após o show, uparam no youtube também um vídeo de mensagem dela, onde ela fala o mesmo que comentou no palco. Ela pretende seguir seu caminho solo daqui pra frente, focando na carreira de atriz. E vai deixar oficialmente o Passpo no final da turnê, dia primeiro de janeiro, daqui 3 meses. As demais voltam pro palco, a abraçam e Aipon chorando fala que a Macocchan tinha comunicado as outras sobre essa intenção a alguns meses atrás, no início da turnê nacional. Estava um clima péssimo, com choro em cima do palco e na pista, parecia velório. MioMio nem se movia, parecia petrificada. Annya, pra variar, foi quem apareceu para quebrar o gelo. Ela falou do como aquilo era inevitável, uma vez que o grupo não é algo pra sempre. Que não aturariam pra sempre aquele mesmo manager... =P Isso serviu pra melhorar um pouco o clima, mas ainda assim achei bizarro elas cantarem "Shojo Hikou" em seguida. Deviam ter encerrado no anúncio, foi tão estranha aquela apresentação... Público ainda atônito ou chorando, quase nem cantavam. As meninas de maquiagem borrada errando a coreografia. Uma música alegre logo após o momento mais triste da história do grupo até aqui. Tipassim, muito AKB48 isso. u___u (lembram da Yuko anunciando graduação no Kouhaku?) Sem falar que isso de anunciar graduação pra sair daqui num sei quantos meses, num grande show cujos ingressos ainda estarão à venda, também é bem AKB. Bom, uma coisa é certa. AGORA com certeza o grupo lotará o Tokyo Dome City Hall. Elas se despedem, Macocchan logicamente sai por último e é saudada pelo público. Antes tiraram uma foto junto com a platéia. Tinham feito o mesmo ao término da primeira sessão. Mas na vez anterior tinha sido BEM mais divertido por motivos óbvios. Sem falar que a pose sugerida tinha sido "oppai" em "homenagem" à Aipon. kkkkkkkk Que bom ver que ela leva na esportiva essa história. Ela que inclusive guarda em sua casa todas as tranqueiras entregues pelos fãs em seus aniversários. Loko hein. Achei muito bonito o arranjo e painel que prepararam neste dia e estavam expostos na escadaria.


Eu fiquei em primeiro lugar assustado com a incrível coincidência (ou não. dizem as más línguas que ela saiu exatamente por ter me visto. "o quê? aquele Nachu wota tarado vindo me ver? não, chega! não sou obrigada a passar por isso!") e justo no dia em que eu finalmente fui falar com ela, ela anuncia sua saída. E passei a ficar preocupado com o futuro do Passpo. O que será delas em 2015? Não imagino que o grupo deva acabar em breve, assim como não enxergo uma nova membro sendo adicionada. Devem seguir em oito. (aí fica a dúvida: quem cantará os trechos da Macocchan? tomara que deixem um ou outro pra Nachu... um wota no 2ch reparou na "maldição do solo de Pretty Lie": Mushu cantou-o por 3 anos e graduou. agora é a Macocchan quem sai, também após 3 anos cantando-o. loko né) Mas agora consigo facilmente imaginar as demais meninas perdendo motivação (ainda mais se os Macocchan wotas pararem de seguir o grupo. vai ser uma baixa considerável no número, que já não é lá TÃO grande assim, de fãs. aumento nas vendas e show no Budoukan? cada vez mais distantes...) e começando a preparar suas saídas do grupo também. Uma sequência de graduações, a la SKE48, parece possível. Seria a treva. A única que poderia sair, por mim, seria a Nachu, pois aí me libertaria pra virar fã da Sacotii sem culpa e medo de ser feliz. =P (em tempo: ela é a que tem o twitter mais legal de ser acompanhado, em minha opinião. e não sabia que ela gostava do SNSD -que teve a saída de uma membro famosa estes dias-, subiu no meu conceito. ou não, prefiro o Kara =P ) Apesar que, falando sério, tenho um pressentimento de que a próxima a deixar o grupo vai ser a Naomin, não sei porque... Na mídia já saíram notícias sobre o anúncio e todas as membros já andaram fazendo longos e emocionantes posts em seus blogs. Até a Pour Lui escreveu a respeito! Bom, só me resta aguardar pra ver o desenrolar das coisas e torcer pra que o grupo consiga atravessar esta turbulência. Bah, apesar do pessimismo que tomou conta do pessoal no 2ch, não é o fim do mundo né.

Se o AKB conseguiu sobreviver à saída da Acchan e depois da Yuko (mas morreu semana passada com as saídas oficiais de Nonaka e Katayama =P ), o Passpo também deve sobreviver à saída de sua segunda membro mais famosa. Boa sorte, Macocchan. Como no calendário do grupo para esse mês de outubro só tem, ao menos por enquanto, agendados os shows da turnê país afora, pelo visto meu próximo encontro com o Passpo vai ser só em novembro... E algo me diz que daqui pra frente até janeiro vou encontrar muita gente (homens inclusive) vestindo isso aqui, mais precisamente a versão rosa (tem uns caras no 2ch combinando em usar em homenagem à Macocchan). Eu também vou precisar de sorte (ou pelo menos de um tapa-olho pra não enxergar e ter pesadelos de noite) pelo visto...

3 comentários:

Kyle disse...

Olá, acompanho o blog a algum tempo, e como gosto do grupo Passpo fico feliz em ler artigos sobre ele, parabéns pelo bom trabalho. ;D

Will - @iul118 disse...

Só uma correção: a Makocchan é a membro mais conhecida do grupo, tanto no Japão como fora. Ou seja, a saída dela foi como a saída da Acchan pro AKB, ou a Sayu pro MM.
Porém não vejo o grupo acabando logo após o TDCHall, mas não vejo o grupo durando mais de 2 anos também ):

Tsu Yamato disse...

olá, Will! não concordo com sua comparação Macocchan - Acchan. completamente diferentes. primeiro que a Macocchan é o rosto mais conhecido do Passpo mas por seu trabalho no Kamen Rider (e alguns comerciais). boa parte da gente que a conhece sequer conhece o grupo (tenho amigo que nunca viu um show do Passpo mas gosta da 'Koyomi'). quer dizer, enquanto a Acchan era famosa por ser do AKB, Macocchan tem (alguma) fama independente do Passpo.

segundo ponto que Acchan era a center/ace/queridinha/whatever. Macocchan nunca foi isso no Passpo. ela sempre ocupou um posto secundário (junto da MioMio), a não ser acho que no clipe de "Sakura Komachi" onde ela aparecia um pouco mais... enfim. Aipon sim é o "rosto" do Passpo, sempre comandando MCs, representando o grupo em programas na tv e rádio... sem falar na questão dos akushukais. tirando raras ocasiões, as filas da Aipon são estupidamente maiores que as da Macocchan (ou qualquer outra).

se fosse pra fazer uma comparação com alguma menina do ~48, eu compararia Aipon com as W Matsui no SKE. e a Macocchan... a saída dela eu poderia tentar enxergar um paralelo com a saída da Yuko, outra que era muito famosa entre os não-fãs... mas ainda assim eu diria que a Yuko era bem mais ativa/importante no AKB (nos bastidores) do que a Macocchan o é no Passpo... enfim.

sem dúvida a saída da Macocchan é uma perda enorme no Passpo (principalmente porque são só nove meninas e tão unidas), mas a diferença de modelo entre os citados grupos torna um paralelo bastante complicado.

ps: e quanto ao Momusu. vixe. nem o Passpo nem o AKB morreu com as graduações de suas membros citadas, mas o Momusu este sim MORRE sem a Michishige. a importância dela ali era MUITO maior que a da Macocchan, Acchan, Yuko, Papa Francisco... todos somados! >___<