quarta-feira, 28 de janeiro de 2015

News de Janeiro

Torcendo pra que ninguém tenha percebido o trocadilho tosco do título, aqui inicio eu finalmente um post novo no blog. Muita coisa andou rolando e eu preciso de um post só pra colocar tudo em dia. Depois eu iniciarei os reports dos últimos shows. Bom, vamos começar falando dos grupos da quadrilha família 48. O leitor do blog sabe que eu aguardava com grande ansiedade pelos shamekais do álbum "Tsugi no Ashiato" que iriam ocorrer no meio do ano passado. Tinha comprado cds/ingressos pra tirar foto com 14 membros. Mas aí ocorreu aquele lamentável incidente em Iwate e decidiram adiar os eventos. Como o respeito ao consumidor/fã passa longe do AKB, passaram-se vários meses sem nenhuma satisfação, até que anunciaram novas datas pra realização dos eventos (em novembro e dezembro). Bom, naquela altura, dois dos meus ingressos já tinham ido pro saco porque Gordamina e Nonaka graduaram no meio desse período. Eu já estava me programando pra ir nestes shamekais quando vi a notícia de que, visando "proteger as meninas", a organização resolveu mudar as regras. A partir de agora, nada mais de foto de pé ao lado da menina, podendo fazer variadas poses. Os fãs seriam obrigados a, após rigoroso processo de inspeção e tendo deixado mochila e outros pertences de fora, se sentarem e posicionarem do outro lado de uma mesa, BEM longe das meninas. (vide foto abaixo) Com direito até a cadeira colada no chão pra não permitir que você chegasse um centímetro sequer mais perto, porque né, 'temos de proteger nossas princesinhas desses assassinos em potencial' (fãs). u___u Ultrajante. Ridículo. Eu não iria me submeter a uma coisa dessas né, fala sério. Principalmente porque tratava-se de clara propaganda enganosa. Eu e todos os outros que compraram aquela porcaria de cd, compramos com a premissa de tirar um 2 shot nos moldes antigos. Não assim. Tivessem anunciado que iria ser assim antes, muita gente não teria investido. Prova disso é o sexto álbum, lançado semana passada e cujas vendas vão fechar cerca de 200 mil unidades abaixo do anterior. (anunciaram shamekais pra esse álbum também, já nesse novo esquema) Vi muita gente comentando no 2ch que iria pedir reembolso do dinheiro ao invés de ter que participar disto. Resolvi fazer o mesmo.

Tudo bem que não consegui reaver todo meu dinheiro, afinal tive de comprar (em lojas de usados e na internet) de novo os cds e trading photos (eu já tinha jogado fora, como sempre, aquele monte de cds repetidos), para enviar à distribuidora junto com os tickets. Mas tudo bem. O mais importante foi o ato em si. Demonstrarmos pros produtores (Akimoto e cia.) nosso descontentamento. Por mais que algumas meninas até tenham tentado aliviar aquele constrangimento, colocando alguns objetos na mesa e inventando situações, não era nem de longe a mesma coisa. Eu queria muito poder guardar de recordação fotos com a Takayanagi, Abiru, Sumire... mas não desse jeito. Se for pra ser assim, prefiro ficar sem nada. Aproveitando que minhas duas membros favoritas tinham graduado (Nonaka e Katayama), decidi ir mais além. Não só não iria aos novos shamekais, como não iria mais a nenhum evento do AKB. Nem compraria mais nenhum cd ou produto qualquer do grupo. Chegou a hora de EU graduar. =) Chega de gastar tanto dinheiro com esse grupo que só me traz frustrações e decepções. Ser feito de otário nesse caso dos shamekais foi a gota d'água. Por coincidência (ou não, vai saber. intuição feminina é foda), passadas algumas semanas (pra ser mais exato no último dia 7), ao término de uma apresentação do team KII no teatro em Nagoya, minha oshimen no SKE também decidiu cair fora. Abiru e uma tal de Mizuho Yamada anunciaram graduação, a primeira pro final de abril e a segunda pro final deste mês. Se juntaram a outras quatro que estão com saída marcada no grupo: Nishishi, Mieko, Nana e Iwanaga. A debandada no SKE continuará firme e forte em 2015, pelo visto. E desse jeito a 'velha geração' do SKE vai se esgotar antes que a 'velha geração' do AKB, que fase. Pior que a produção pra substituí-las fica promovendo umas lolis bem feiosas e sem graça, credo. Kitagawa, Ego, Rion, Miyamae... socorro! Sob o olhar da Takayanagi (curioso o fato dela anunciar sua saída exatamente ao lado da minha segunda garota preferida), Abiru comentou que quer seguir novos caminhos e sonhos daqui pra frente, sem ser mais específica. Ponto pra ela por não ter mentido pra mim num akushukai ao comentar que não graduaria em 2014. Realmente não o fez, aguentou mais uma semana. ^__^'




Torço pra que ela não se meta a fazer dvds sensuais (nem tem corpo pra isso, coitada) ou pior, pornô que nem a Yonechan. >___< Ai que horror. Foda que provavelmente ela vai voltar a ser anônima e ficar passeando com a antiga colega Momona, aquela desgraçada mal-agradecida. (diga-se de passagem, a Momona era uma que eu esperava que fizesse pornô ou algo do tipo, afinal era bem assanhada e peituda... mas sumiu) Como ela é chegada em postar no G+ foto de comida, talvez vire garçonete que nem a Kuumin ou a Nonaka e assim eu possa reencontrá-la um dia. =D Inclusive, é impressionante que mesmo com uns wotas indo no tal de Cafe Rassure dar umas de stalker atrás da Kuumin, ela ainda continue trampando por lá. Achei que fosse dar merda e acabar durando bem menos tempo isso aí. Os caras devem estar sendo comedidos. Quanto a Nonaka, ela vive situação oposta à Kuumin. Enquanto uma não quer ser reconhecida, a Nonaka bem que gostaria que reconhecessem ela, mas praticamente ninguém faz idéia de que ela era do AKB. ^__^' Ela virou contratada pra valer no Iwa, hoje em dia aparece no restaurante tanto quanto a Ucchi. Gostei que ela parou de 'inventar' no visual e está mais simples, cabelo natural e pouca maquiagem. Linda demais. *___* Outro dia desses encontrou com as amigas Katayama e Moeno. E em outro ficou presa na porta do trem, quando tentava entrar... vamos tomar mais cuidado, menina! Achei curioso que ela e a Katayama participaram de um evento em dezembro em Taiwan, falando sobre o Doraemon. .___. Katayama ainda fez uma apresentação solo por lá, que nem a que ela tinha feito em novembro em Roppongi num restaurante chique. Ela, diferente das demais, andou dando as caras no último final de semana no Request Hour do AKB. E tem marcadas duas novas peças pra esse ano. Bom, uma delas não é exatamente 'nova', será uma re-edição da peça "Island ~katsute kono shima de~" em maio. Antes, em março, estará na produção "Live Airline", junto da Nana Fujita, membro do AKB. (ainda. eu acho ^__^' ) Espero poder ir em alguma delas para ouvir novamente sua bela voz. Falando em voz, a Gordamina dublou uma personagem no jogo para celulares Idolm@ster Cinderella Girls, mas não foi chamada pra dublar o anime que estreou este mês. =/ Pelo menos ela foi chamada pra um dos papéis principais no anime Triage X, que estreará em abril.

Não está desempregada... mas anda bem sumida. (e olha que pra sumir com aquele tamanho hein! =P ) Já a Nakatsuka anda se preparando também pra uma nova peça, em cartaz daqui poucos dias, "Tonari no Kinoko-chan". Ela que participou de sete peças ao longo do ano passado, quem diria, é a que parece ter pego mais gosto pela coisa. (ou é a mais desesperada pra pagar as contas =P ) Achei curioso que em dezembro pela primeira vez ela apareceu de MC apresentando... um festivalzinho idol! =D Sério, que loko. E era um festival bem pequeno, só os grupinhos obscuros... o mais famoso era o Chu-Z. Vai vendo. Espero que ela se aventure em outros festivais pra eu poder conferir a cena. De preferência, um onde o Up Up esteja presente, pra ela conhecer o grupo. Fala sério, o blog dela já tem "kakkokari" no título, bóra ser fã também, Tomochan! Outra que está 'atacando' pra diversos lados é a Mokyu Mokyu, ex-SKE. Ela participa de um programa de rádio na FM Fuji chamado Gekidan Samba Carnival (samba?!? carnaval?!?! o__o ), tem duas grifes de acessórios próprias (Peaufiner e Honey Cinnamon), esteve atuando numa peça de teatro semana passada, aparece em revistas e eventos como modelo... Só não curto a maquiagem carregada que ela costuma usar, muito cadavérica. Muitas vezes olho foto dela e acho que é um boneco de cera ou sei lá, que nem acontece com a Rinahamu. Nas últimas semanas gerou repercussão na web o fato da Ayarin (ex-AKB) e Ogiso (ex-SKE) anunciarem casamentos. Ayarin já é até mãe. Pra quem lá atrás tinha sido expulsa do grupo por namorar escondido, não é surpresa essa rapidez. Ogiso está trabalhando num salão de beleza e pra sorte dela ainda não descobriram o endereço. Bom, ainda membro do SKE, a Takayanagi anda aparecendo em meia dúzia de programas televisivos e outra meia dúzia de programas de rádio atualmente. Ainda deve durar um tempinho no grupo, afinal está escalada pra um musical do AKB né. Achei que ela ia graduar ano passado mas a danada está resistindo. Será que passa de 2015? Acho que não. Já está mais do que na hora dela voar com asas próprias, ao invés de ficar escondida atrás dessas Kitagawa da vida. Inclusive, andei aproveitando o tempo livre pra ficar vendo os episódios de certos programas...


Vi todos os episódios do SKE Ebisho!, onde a coitada quase nem aparece. -___- Salvo os episódios onde a profissão da vez é diretor de cinema (#4) e idol (#10). Aí dão mais tempo de tela pra Takayanagi e ela rouba a cena, claro. A mina é profissa demais. Pelo menos serviu pra eu conhecer melhor aquela tal de Tani, a transferida do HKT. Curti ela, apesar de feia ela é engraçada, tem carisma e desenvoltura com as câmeras. Aquele especial dela com a BBQ tendo de viajar de Hokkaido pra Nagoya só com 20000 ienes foi dahora, o melhor do programa de longe. Num certo trecho da viagem, pegaram até carona com um wota fã da BBQ e pior: com um fã (bom, ex-fã né) da Nonaka! O___O Inacreditável. Conseguiram achar um espécime raríssimo! O oitavo fã dela do qual se tem notícia! Depois vi a 'continuação' do programa, entitulada SKE Ebicalcio!, que acabou de ser exibida no último dia 4. Achei essa temporada bem inferior, capricharam no cenário mas as piadas e brincadeiras... blah. (dois episódios de danso? sério? DOIS?!?) Até fiquei com a impressão de que distribuíram um pouquinho melhor o tempo de tela, mas ainda assim... e o desafio da dupla BBQ - Tani dessa vez era bem chato, ter que viver se sustentando na base de prêmios de revistas/catálogos. Os pontos positivos foram a Yukari se vestindo de Neymar e falando português, a participação especial da Haruu (pra ser zoada e chamada de gorda, como sempre) e o episódio final especial, com uma hora de duração. Esse teve uns dokkiri engraçados, com direito a participação até da Nakki! E teve a dupla voltando a pedir carona, agora sob nevasca, pra devolver um guarda-chuva. Ah! E vendo esses programas pude conhecer a tal da Kumiko Koishi, uma daquelas meninas que tinha entrado no grupo via draft. Curti ela, é meio feinha, voz estridente e... muito, muito xarope. kkkkkkkk Me identifiquei. =P Toda vez que ficam fazendo pouco caso dela eu sinto uma compaixão... e ela ainda mora em Nagoya (veio de Hyogo-ken) em condições bem... humildes, pelo que andei lendo. Mas o melhor programa na minha opinião é o SKE48 Zero Position, que ainda está indo ao ar. Com competições variadas entre as membros em cada episódio, neste sim tem bastante tempo de tela pra todo mundo.

No desafio de natação teve a Nakki ganhando! ;___; Que emoção! Minha loli querida é uma verdadeira sereia. No desafio de culinária, não teve pra ninguém. Takayanagi owneou, lógico. Mas o destaque tem que ficar pro desafio de karaoke, fala sério. Sumire, com aquela voz de taquara rachada dela, não sei como mas chegou até na final. Só cantando umas baladinhas fáceis da idade da pedra. Eu deveria torcer por ela, mas não deu. A Maimai TINHA que ganhar. Não vou muito com a cara dela, mas porra... a menina cantou músicas da Miku Hatsune, Sailor Moon, PreCure e principalmente: "My sweet heart" do Tokyo Mew Mew! Pooooota que pariu! Desenterrou um emocionante clássico, me fez chorar litros. Só não virou minha oshimen no mesmo instante porque a Abiru é fã da Maki Goto, então está compensado. =P Interessante que as vencedoras neste programa ganham uma menção especial no perfil lá do site oficial do SKE. E já que andei citando ela, a Nakki está numa grande fase dentro do grupo, só está faltando ser promovida a algum time. Algo que espero que aconteça em breve, afinal tem bastante menina graduando neste primeiro semestre e... imagino que vá ocorrer um novo shuffle e tals, afinal já anunciaram novas audições e um novo draft, bem como uma nova franquia (a quinta em solo japonês) em Niigata né. NGT48. /facepalm Que idéia mais maluca. Tanta cidade grande (e com uma cena idol otaku relevante) e os caras vão escolher Niigata?!? Uma cidade de 800 mil habitantes no norte do país, onde só existem três grupos idols (RYUTist, Angel Generation e Negicco. sendo que o último, o único mais famosinho, quase nem aparece por lá, vivem de shows em Tokyo e Osaka)?!? Quero ver como vão fazer pra bancar um grupo idol de mais de trinta meninas, teatro próprio, cafe shop, shows diários... naquele lugar. Bom, se bem que o Akimoto é rico, né. Mesmo se ficar (como certamente vai) acumulando prejuízo, pra ele tudo bem, não deve fazer diferença. Mas bem, voltando à Nakki, na segunda foto abaixo tem a revista Bubka edição 1, de janeiro. Com a monstra da Miyawaki na capa. Essa revista tem fotos e matérias com várias já citadas nesse post: Kitagawa, Miyamae, Nana, Rinahamu, Negicco... e principalmente, um ensaio histórico com a Nakki, o seu primeiro numa revista. *___*


Esse é aquele ensaio que ela ganhou por ter sido a mais votada numa promoção. Finalmente foi publicado. Valeu a espera, são cinco páginas de paixão pura. S2 Logicamente nada muito sensual afinal ela tem só 18 anos né. Apesar de que tem certas meninas por aí que com a mesma idade... um dos melhores exemplos disso é a grabia idol Nana Tanaka. Acompanhando outras meninas (Aya Hazuki, Misato Maeda e tals) acabei encontrando essa garota, nascida em Fukuoka e otaku declarada, gosta de games e animes clássicos. Com 18 anos, já tem 4 anos de experiência fazendo ensaios fotográficos e dvds eróticos (DOZE já lançados e um novo agendado pro mês que vem). E no final do ano lançou o seu primeiro photobook (entitulado "Sukitooru Nana no Gogo"), que eu não resisti e comprei. Acho ela bonitinha e... que curvas. *___* (vide terceira foto acima) Depois ainda dizem que japonesa não tem bunda... Essa menina é MUITO perva, os vídeos e fotos são BEM eróticos mesmo, apesar da idade. É realmente duro de acreditar que aquela explosão de feromônios seja apenas uma japinha de 18 aninhos. O fato é que esse photobook é de longe o mais apetitoso que eu já comprei até hoje. =D Outro photobook que eu comprei é o "7", lançado pra comemorar sete anos de carreira da Nana Tanimura. Apesar de ser bem mais velha, ela se exibe muito menos que a anterior. (se bem que tem umas fotos de bikini branco onde dá pra ver os...) É um ensaio bem mais 'artístico'. Ela é linda e cantava até que bem, não sei porque sumiu. Eu sei que passou uns tempos no exterior e por aqui seus cds não iam bem nas vendas, mas mesmo assim... Bom, outra revista é a Weekly Playboy número 51, com uma tal de Hinako Sano na capa. Tem vários ensaios desinteressantes (incluindo um com a dupla Kitagawa e Miyamae), mas a revista vale a pena por uma matéria com o Up Up e um ensaio com a Manami. Quem diria, a caçula e tomboy do grupo hoje em dia está fazendo ensaios por aí tanto quanto a Sengoku. Já disse por aqui que aos poucos tenho passado a gostar mais e mais dela, pena que no vídeo de saudação deste ano num teve "ake ome koto yoro!". =( Falando em vídeos do grupo, milagre! Uma alma caridosa gravou e upou o episódio do "Senjou Kakkokari" que estava faltando, o vinte e nove com a dupla Sekki e Moritii. Um dos melhores até aqui, se bem que sou suspeito pra falar né. Azunyan pega no pé da Moritii mas elas se dão muito bem na vida real, ela comenta como só a Moritii e a Ayano convidam ela pra sair. ^__^'

No episódio trinta e dois, o trio Sengoku, Konatsu e Moritii. Num momento 'relembrando o ano que passou', uma Konatsu mais séria que de costume. Moritii perdeu pontos comigo por curtir HKT48. =P No episódio trinta e três, clima natalino com Ayano (bem loira) e Sengoku. Tiraram uns chekis pra dar de presente pros usuários top da lista no programa. Urayamashii! No episódio trinta e quatro, o primeiro de 2015, as mesmas duas integrantes. Só que agora a Ayano com seu cabelo natural. E recebendo presente pelo seu aniversário. Ela ainda aprendeu o que são kleshas (bonnou) em suas últimas horas antes da maioridade. No episódio trinta e cinco... de novo as duas?!?! .___. E ainda falaram que a Manami parece o Baikinman?! Coitada. ^__^' Medo daquele desenho da Sengoku. Nesse episódio fiquei sabendo que a Azunyan não tem um cachorro de estimação, mas vários. .___. Ayumi Hamasaki feelings. Por fim, no episódio trinta e seis, o quinteto mais velho do grupo. Elas falaram bastante sobre os (poucos) shows recentes do grupo (um deles no qual eu estive presente e ainda terei de escrever report algum dia). E Moritii rouba a cena. Outro vídeo do grupo que foi upado e eu curti foi um showzinho com elas cantando "(Kari) wa Kaesuzebe your soul". A novidade é que usaram uma câmera GoPro estrategicamente posicionada pra filmar. Eu já apelidei essa versão de "Azunyan no futomomo version", porque né... =D O que melhor dá pra ver são as coxas das meninas e em especial as dela, que tem vários solos nessa música. Amei. Quanto ao programa "Idol Otakarakuji", após a disputa extra no dia 12 de dezembro com o The Possible ganhando pela segunda vez, dia 19 voltaram pra disputa original. Participaram o The Possible, Up Up, Iris e as estréias do Predia e Tokyo Clear's. Felizmente o Predia conseguiu se manter no páreo, mas o Up Up perdeu mais uma vez o embate contra o The Possible. =/ Dia 26 foi a vez do especial de fim de ano. Participaram dez grupos: Up Up Girls Kakkokari, HR, Especia, GEM, Shizukaze & Kizuna, Negicco, Palet, Why@Doll, Sunmyu e Manaminorisa. Andaram cantando umas covers no espírito natalino e... acreditem, foi o trio Manaminorisa quem venceu a disputa. Pelo visto os seus wotas andaram se organizando e compareceram em peso nessa gravação. Dominaram tudo.

Porque a rigor, em situação normal elas não teriam a menor chance contra adversárias desse porte. Nas edições seguintes prosseguiram com esse especial... Dia 3, teve a escolha da MVP e a premiada foi uma membro do trio. Tudo dominado. Dia 10 teve outra disputa, agora com os dez grupos cantando músicas próprias. Outra vitória do Manaminorisa. Sem surpresas. Dia 17, finalmente, no décimo terceiro episódio, retomaram a competição original, com The Possible, Up Up, Predia, a estréia do Bellring Shojo Heart e... Bakusute Sotokanda Icchome voltando pra uma revanche. Ahn? Pode isso, Arnaldo? Vai entender. O fato é o que Bellring terminou em último e o Up Up voltou a terminar em primeiro lugar. Amo muito tudo isso. =D The Possible e Bakusute, quem diria, avançaram. Uma pena a eliminação do Predia. Acontece. No dia 24, foi a vez de estrear o Tsuribit e o Lovely Doll voltar pra uma revanche. Pelo visto gravaram o programa no começo do mês, quando a Azunyan estava doente (influenza) porque ela não pôde participar. ;___; (Moritii também ficou doente, alguns dias antes) Todas usaram uma wristband laranja por isso. E num é que deu certo? Up Up conseguiu nova vitória, com The Possible em segundo e Tsuribit em terceiro. AD Nagisa chorou litros. ^__^' Vamos ver quem vai aparecer pra disputa no próximo episódio... Uma coisa que já ficou bem clara é que vai ser MUITO difícil desbancarem o The Possible ou o Up Up de lá. Só a presença de dois grupos bem famosos (Super Girls e Tokyo Joshiryu?) pra forçar a eliminação de um deles. Afinal os fãs desses dois grupos, naturalmente, votam entre si e assim acabam dominando geral. Encerrando o assunto Up Up, suspeito que elas estão gravando músicas pra um novo álbum ou pelo menos, single. Não só porque já faz tempo que não lançam nada como o grupo anda com um número ínfimo (pros padrões delas) de shows ultimamente. Estão fechando janeiro com apenas sete apresentações, sendo uma como UFZS, duas como convidadas num festival do Hello Project e uma em Taiwan, no último final de semana. Pelo visto elas têm uma fanbase razoável por lá; ganharam muitos presentes e foram seguidas até no aeroporto.


E em fevereiro tem só cinco shows agendados até agora. Um deles será uma parceria com o Lyrical School. Outro é a abertura da turnê 2015 do Team Makenki. E tem um dia que estarão em Akihabara para nova rodada de teiki kouens. Em janeiro também tiveram uma, onde comemoraram o aniversário e a maioridade da Ayano. Divulgaram mais dez datas da turnê nacional, nos meses de maio e junho, passando por Kagoshima-ken, Kumamoto-ken, Fukuoka-ken, Hokkaido, Fukushima-ken, Saitama-ken (provavelmente o primeiro show dessa turnê ao qual poderei ir), Tottori-ken, Hiroshima-ken, Osaka-fu e Nagano-ken. Nesse último será comemorado o aniversário da Azunyan. E em Tottori-ken, o da Konatsu. Existe certa preocupação no grupo e entre os fãs com relação a esta data. Por ser bem distante de Tokyo e num dia de semana, pouquíssima gente poderá sair de longe pra esse show. E a cidade de Yonago é pequena, tem cerca de 150 mil habitantes. Some isso ao fato de ser uma comemoração da membro mais flop e pronto: todos os ingredientes para um show com casa vazia. ^__^' Coitada da Konatsu. Bom, voltando pras revistas da foto lá em cima, tem o volume 106 da Marquee. Fazia tempo que não comprava essa revista. Capas com Passpo e Yumemiru Adolescence. Além de longas matérias com os dois grupos, tem entre outros o RYUTist, Palet, Afilia Saga, Hiroshima MapleS, Lovely Doll, Yufu Terashima, Rena do SKE48, Nogizaka46 e Yurumerumo!. Com frequência eles fazem essas edições especiais falando praticamente só de idols. Outra revista, bem antiguinha mas que eu comprei só agora, é a UTB+ edição de setembro. Essa já é mais focada em fotos, com poucos textos. Sayanee na capa e entre os vários ensaios, os meus destaques: a ex-Momusu Michishige, mai waifu Takayanagi linda demais, Juri do AKB48 e um ensaio antológico com o trio Ayano, Sengoku e Azunyan do Up Up. S2 Por fim tem a Idol and Read volume 2, lançada em dezembro. Com formato de livro, eu já tinha comprado uma vez e achado muito interessante. Em meio às longas entrevistas, tem info pra caramba que você não encontraria em outros lugares. Na capa, Nemu do Denpa Gumi.inc. Ela conta de sua infância quando queria ser mangaká, de quando entrou num maid cafe por curiosidade, gostou e acabou vindo a trabalhar em um... Pela conversa de um cliente ficou sabendo do tal de Dear Stage, local em que ela relutou a entrar porque o grito dos wotas, mesmo do lado de fora, era muito assustador. =D

Após vencer essa barreira inicial, conheceu ali a Mirin e... É impressionante o como a Nemu exalta a colega nessa entrevista, dizendo que ela é uma idol exemplar, foi sua inspiração pra virar uma também e é hoje a 'espinha dorsal' do Denpa Gumi. =O Depois tem entrevista com a Oppaipon do Passpo. Ela fala bastante sobre a infância meio 'moleque' por influência do irmão; veio dele o apego por mangá, games e esportes. Acabou tendo assim desde pequena muita facilidade pra conversar com garotos. Quando criança queria trabalhar numa padaria, mas estudando piano e artes cênicas decidiu que queria era entrar no showbiz. Por timidez quase mudou de idéia mas acabou sendo recrutada em Shibuya por um scout da Platinum. Sem opções de trabalho, quase desistiu até que os produtores vieram com a idéia de criar um grupo idol e ela, sem nada a perder, embarcou. Nessa época começou a fazer arubaito numa loja e lá aprendeu a ter mais desenvoltura ao falar com estranhos. (percebam o desenvolvimento natural de uma tsurishi ;D ) Era elogiada pela sua voz. Decidiu então se empenhar no canto e quando a Mushu, então main vocal do grupo ao lado da Morishi, graduou... ela não teve dúvidas e pediu pra assumir o lugar. Ficou por um bom tempo conciliando estudos, o grupo idol e os serviços temporários por aí, como entregar panfletos na rua. Ela conta de como as membros mesmo nos ensaios, sozinhas, não tocavam no assunto da graduação da Macocchan, após ela anunciar sua saída em setembro. Comenta de que não pensa em deixar de ser idol ou no término do Passpo, por ela continuarão até ficarem velhinhas. =D Ela começa em tom de brincadeira mas depois expôe pra valer um ponto de vista interessante sobre a relação entre idade e idol. O mais complicado ao ficar velha é continuar obedecendo a regra de não namorar e aí ela lembra que no caso dos homens, eles podem. (nas boybands, os caras podem namorar e até casar. vide os SMAP da vida que já tão tudo vovôs e continuam no showbiz juntos) Hmmm não sei apóio essa idéia dela de acabar com a regra, mas de qualquer modo... precisando de algo, estou aqui à disposição, Oppaipon. =3 Na entrevista com a ex-BiS e hoje Billie Idle, Nonchan, gostei que ela comenta sobre o fato de ser amiga da Waki (lembram dela?) na vida particular.

Inclusive, parece que esse projeto só agora está ganhando forma né. Lembro que elas diziam que não seria um novo grupo idol. Bom... se não é, parece muito. ^__^' Fizeram audições e estão com quatro integrantes (Nonchan e Uipon com as novatas Yuhi Yasui e Momo Momose), fizeram o primeiro show no último dia 11. Estão com cd de estréia pra ser lançado em abril e com um fã-clube em criação. Enquanto isso andaram participando de ensaios fotográficos já. Não sei porque mas estou com mal pressentimento com relação a esse grupo, algo me diz que quando eu finalmente vê-las ao vivo vou odiar, apesar de curtir muito a Nonchan e a Uipon. =/ A quarta entrevista é com a Konatsu, do Up Up. Ela conta que é assim extrovertida desde pequena, fala sobre seu sonho de entrar no Morning Musume... nas audições enquanto todas as outras preparavam-se para cantar alguma música do H!P, só ela planejava cantar Zone. ^__^' Fala sobre a dor ao deixar o Hello Pro Egg, do como ela não queria saber de ser idol mais... mas voltou atrás quando veio o plano de criar um novo grupo com as 'rejeitadas', então entitulado Up-Front Girls Kakkokari. Confessa que demorou até elas começarem a se dar bem e ficarem amigas de verdade. Conta que sonha com um show no Budoukan, com palco em formato de ringue e elas cantando "Upper Rock". É nóis, Konatsu! Depois tem entrevistas com a Moe Usami do Bellring Shojo Heart, Ano do Yurumerumo! e Yuria Kikuhara do Hime Kyun. Ela conta sobre ter feito aulas de inglês quando pequena e que gosta de ter cabelo curto porque a quantidade de fãs aumentou após esse corte. ^__^' Revela que ela tinha sido aprovada nas audições do grupo em último lugar, com as piores notas, segundo um staff contou a ela posteriormente. No primeiro single do grupo, não tem a voz dela, porque na hora das gravações no estúdio ela ficou nervosa demais e não conseguia cantar. E assume que mais do que fazer um grande show em Tokyo num lugar como o Budoukan, seu objetivo é ver mais gente indo passear e conhecer Ehime-ken por causa do grupo. Mezurashii! Fechando, tem entrevistas com a Nao do Negicco, a cantora Seiko Oomori e com a ex-BiS e hoje Maison Book Girl, Megumon.



Ela comentou sobre as dificuldades pós-BiS, afinal no período em que ela esteve no grupo, tudo veio muito fácil e rápido. Prestígio e dinheiro. Porém ela ainda tem uma dívida de 80 mil ienes com o pai. ^__^' Conta que sua irmãzinha é sensitiva, consegue adivinhar as cores da roupa dela e fala sobre seu novo grupo. Começou como Book House Girl Kakkokari mas em outubro mudou pro nome atual. Em novembro fizeram o primeiro show. De lá pra cá tem tido uma quantidade razoável de apresentações, mas eu ainda não as vi ao vivo. Não lançaram cd então não sei como é o som delas, mas a julgar pelo visual e por esse vídeo... sei não. Além da Megumon, integram o grupo: Kaori Soumoto, 23 anos, ex-integrante de um grupinho obscuro chamado Niji iro Tomato. (Minan, do Lyrical School, também fez parte desse grupo, que não existe mais) Ela tem experiência como modelo e pelo visto é a líder do Maison, assim como era no antigo grupo. Ou no mínimo é a mais extrovertida, de longe. Aoi Yagawa, 20 anos, tem uma vibe meio Izukoneko e também tem experiência como modelo. A quarta membro é Yui Inoue, também 20 anos, que parece não gostar de falar muito nem escrever no blog. Bom, completando aquela foto, ainda aparecem dois broches da Chika Ojima do Idoling!!! que eu comprei numa loja de usados e o dvd novo da Nacchan, ex-AKB. Esse eu comprei novo, pra poder receber um ticket pro evento de lançamento. =) Lançado no último dia 23 e entitulado "Hajimete no Natsu", apesar do título é o segundo grabia dvd dela. Ligeiramente mais sensual que o primeiro, graças ao cameraman e ao figurino. E menos 'infantilizado', com ela conversando com a câmera ao invés de um fantoche. Porém não é um dvd bem 'erótico', por assim dizer, graças à leveza da Nacchan que se comporta como uma menina fazendo brincadeiras e caretas ao longo de quase todo o vídeo. Das doze cenas, só em três ela aparece mais séria e se insinua um pouco. Tem duas cenas que inclusive não tem nada de sensuais, uma onde ela prepara um omelete e outra quando visita uma loja de bikinis e acessórios. Nesses momentos sequer parece que é um grabia dvd. Tudo indica que ela vai continuar fazendo filmes, aí quero ver até onde ela vai manter essa imagem...

De qualquer modo, o vídeo vale a pena por ela estar linda e sorridente. Nacchan não largou os palcos e continua se apresentando em uma peça atrás da outra. Em fevereiro tem o espetáculo "Share House 2 O-MO-TE-NA-SHI", em março "Chiba Soul III" ao lado da ex-colega de grupo Cindy e em abril "Satsujinki Fujiko no Shodou" ao lado da ex-Momusu Risa Niigaki. Bom, pra encerrar o post, aproveitando que falei de outras ex-BiS por aqui, faltou a Tentenko né. Ela lançou em janeiro seu primeiro single solo, "Good Bye, Good Girl". Lançamento indie, vi outro dia desses numa loja mas não comprei. Não é do meu gosto esse som e visual retrô dela. E que coisa mais doida é aquele site oficial da baixinha hein. .___. Pelo visto ela vai voltar a cantar pra valer e deixar de lado a discotecagem. Aparentemente ela está fazendo mais shows assim, então é compreensível. Ah, claro, tem a Rinahamu também. Ou melhor, Ichigo Rinahamu, o nome que ela tem adotado atualmente. Ela também anda fazendo seus showzinhos, fez uma parceria em dezembro com a Younapi do Yurumerumo! (outra que ataca de DJ de vez em quando) e... vai prosseguir com a carreira, afinal conseguiu atingir a meta de 5000 cds vendidos no seu single de estréia. Ela tinha ameaçado pendurar as botas caso não conseguisse essa meta. Sendo bem sincero, por mim tanto faz tanto fez, afinal não curto o som e visual atuais dela também. =/ Meloso demais. Outra coisa que não curti nem um pouco foi o single do SKE lançado em dezembro. Muito ruim, mesmo as besides. Credo. Já começa pela dupla escolhida de center e pelo título ridículo... não sei o que anda fumando o Akimoto pra inventar esses títulos um pior que o outro. E pelo visto não fui só eu que não gostou, tendo em vista que as vendas foram cerca de 70 mil unidades abaixo do single anterior. ("Bukiyou Taiyou" tinha vendido 460 mil) SKE48 continua em queda livre. Fujam Churi e Sumire enquanto ainda é tempo! Fujam para as colinas! E eu... vou é continuar dando mais atenção ao Up Up que eu ganho mais. =)

2 comentários:

wattstax disse...

Honestly I skipped most of the AKB part and got interested again when Aipon came up. Thanks for the summary of her interview there.

I actually saw Maison Book Girl live. They were performing as an opening act on the Three Man Rhymeberry/Moso Calibration/Bellring Shoujo Heart. I could have even attended their event, as it was right next to Bellring's, but oh well, I don't like their sound and I can't miss Ayano from Bellring :D
As they didn't impress me I don't remember much of it, but I would compare them as a mixture of Especia and Lyrical School. Looks and stage performance was nice though.

Tsu Yamato disse...

your comments about Maison are very appreciated. I hope to see them soon, but unfortunately everything (associating themselves with Bellring? blargh!) is leading me to think that I won't like this group. ^__^' well, not that I need one more to follow either way, but still...