segunda-feira, 9 de abril de 2012

Nonaka fazendo sucesso, COMASSIM???

Parte 2 do report. Deixa eu primeiro comentar do pessoal que vai lá. Com tanta gente indo e sem a necessidade de ingresso pra se entrar, o evento acaba virando mais que um akushukai, vira a 'diversão de fim de semana' pra muita gente, inclusive famílias. Você vê gente dos mais variados tipos, muita criança, idoso... e lógico, os wotas. Tem aqueles tipos bem nerds, tem nego fazendo cosplay, aqueles vestidos de yankee com casacos cheios de inscrições e bem grande o nome da oshimen nas costas (tá aí uma coisa pra eu tentar descobrir como é feito. quero um destes também)... tinha uns caras com um cartaz grande (bem profissa, diga-se) de incentivo pra Acchan... É legal ir num local assim que eu perto desses caras me sinto tão normal... =P


Aqui você pode ver a área de troca de photos. Como sempre lotada, como sempre uma porcaria. Desta vez num enfrentei o apertamento dela porque vendi as photos repetidas que tinha numa loja, melhor assim. Antes a área de trocas já era ruim, um espaço muito pequeno pra tanta gente, com staffs te enchendo o saco que não pode sentar e tals. Agora, desde o último show em Saitama, ficou ainda pior. Já comentei naqueles posts como (des)organizaram a área, né. Lá ainda estava 'pra inglês ver', mas neste daiakushukai pelo visto resolveram implementar as mudanças pra valer. Coitados dos que entraram lá.

Depois do super-sônico aperto com a Katayama u___u* fui com a Myao. Tava com um certo receio porque li relatos na net de que ela é... digamos assim, ríspida, nestes eventos. E que por isso a popularidade dela despenca a cada ano. Chegando lá, cumprimentei-a e soltei um "kongan haseyo?" ('como vai' em coreano). Nada. Ela desde o momento que entrei ficou com uma cara de abobada olhando pra minha camiseta (tinha ido com o uniforme do Lokomotiv Moskow, que tem umas inscrições em alfabeto cirílico). Precisou eu repetir e passar uns bons segundos pra ela se tocar e finalmente olhar na minha cara "ahn? você fala coreano?". u___u Eu: "na verdade não, mas aprendi um pouco ao te acompanhar". "Oh! que legal. mas... essa camisa... é da Espanha?". Sim, a camiseta era mais importante que qualquer coisa. <<___<< "Não". "humm Rússia?". "Sim, é de um time russo, mas eu sou brasileiro". "Wow! Que diferente, veio de longe, que legal. Obrigada." Nisto já começaram a me puxar. PORRA, QUERO MEU DINHEIRO DE VOLTA! Denovo num consegui falar nada do que queria (e ela ainda num ajudou, ficando lá hipnotizada pela camiseta). Só pude comentar que ela era muito importante pra mim, que sempre que a via ficava mais genki, por ela ser tão engraçada e cativante. Ela agradeceu e se despediu. Ok, num foi uma brastemp mas esse aperto da Myao com minha camiseta poderia ter sido pior né, vou colocar como saldo neutro. >>___>>

Aí veio aquele já comentado intervalo e depois, hora de falar com a Chikarina. Na verdade num tinha pensado em nada pra falar com ela. Tinha dois ingressos e naquela altura, ao ver a rapidez que estava sendo o aperto com três, já estava me dando por contente só de poder ir lá e ver a cara dela, quem sabe podendo dizer um "suki" antes de ser puxado. u__u* Chego lá, enfrento a longa fila dela (kkkkkkkk mentira, ela num tinha fila nenhuma, claro =P) e encontro ela, uma graça mas... que roupa era aquela? Caiu da cama, menina? Num teve tempo de trocar o pijama por algo melhor, não? Assim fica difícil atrair mais gente, néam... que relaxo. Bom, cumprimento e digo que estava feliz porque a muito tempo queria vê-la. Ela sorriu e agradeceu, parou e "eto... where... you from?". "Brasil". "Wow! Sugoi! Você entende um pouco de japonês né?". "hmmm um pouquinho. Mas como estou com você, me esforço. De boa.". Nisto ela gargalhou e nosso tempo acabou. Nos despedimos e até que valeu a pena, só por ver a linda risada da ChikaLINDA.

Não tinha planejado nada, simplesmente aconteceu. Ficou pro final o encontro com a Micha. Depois das frustrações, vontade de não ir mais num daiakushukai (muito tempo e dinheiro investido pra um retorno tão pequeno)... eis que ela aparece. Nonaka. Ela apela. S2 Ela consegue mais uma vez roubar a cena e fazer tudo valer a pena. No primeiro daiakushukai ela já tinha me deixado sem jeito ao falar que eu tinha olhos lindos. Pois agora era hora da Micha atacar novamente. Atóóóron.

Chego lá, deparo com uma fila enorme, dessas de senbatsu member. Ops, entrei na fila errada. Não, confiro e é ali mesmo. o__O Ainda voltei mais umas duas vezes e conferi espiando nos ingressos do carinha na minha frente se eu estava no lugar certo. Estava. O___O COMASSIM? De fila inexistente num akushukai pra fila grande (maior que a da Amina, pra comparação) em outro? Alguém explica, por favor? Devo ter perdido algo... Impossível ser apenas por causa do nome da turnê, vide o que aconteceu com a Katayama. A Micha continua não aparecendo nos programas. Continua tímida. Quer dizer, da onde saíram todas aquelas pessoas??? Não sei, talvez ela apele com todo mundo... NÃO! Não quero acreditar nisso, ela apela só comigo, hunf! >___< Me deparo com ela, linda, numa roupa casual como de costume, ela já sorri e solta um "kawaii". Cumprimentos e digo "Agora estão usando seu nome na turnê nacional, né. Que legal, parabéns.". "Sim! Foi um susto! Obrigada. =)". "O próximo passo será uma turnê nacional... SUA, de solo, né?". "Hahaha. Quem sabe né, tomara. Kawaii =)". "Bom, eu só sei que com certeza, se isso acontecer, eu estarei na primeira fila pra te ver!". "Ounnn kawaii demais. *___* Obrigada. Estarei te esperando!". E nos despedimos. Sim, tive a nítida impressão que foi o aperto mais longo. Ha! Pode ser isso, com ela os staffs deixam ficar mais tempo, por isso pessoal tá indo nela. =P

Nonaka me achando kawaii, com aquela simpatia atípica, acima do padrão deste tipo de evento... Ai ai. Falar o que né. Só me resta ir no próximo daiakushukai denovo com ela e... putz. É foda mover ela no meu ranking porque pra isso eu teria que rebaixar a Katayama pro segundo lugar... Já sei! De agora em diante, tenho duas oshimen. Empate técnico, não tem mais segundo lugar no meu ranking, tem duas em primeiro. Isto até o próximo evento, quando ela me passar seu telefone. Aí vira a número um isolada.

E foi assim. Pro dia acabar ainda melhor, na saída vejo, num cantinho meio escondidos, dois japas com plaquinhas pedindo colaboração pra mandar uma mensagem pra Nacchan. Passei reto. Mas fiquei com aquilo na cabeça. Tive que dar meia volta e fui lá falar com eles. O gordinho me disse que iam entregar pessoalmente as mensagens no escritório da agência dela e que assim era garantido que ela as receberia. Ok, contem comigo. Enquanto escrevia na lousa uma mensagem (basicamente disse que o AKB sem ela não tem a mesma graça e que sinto muito sua falta no time B) troquei umas idéias com o gordinho, muito simpático. Me despedi e fui embora, com a certeza de que mais do que me alegrar, este daiakushukai também serviu pra eu alegrar (nem que seja um tiquinho) alguém. =)

8 comentários:

Yukari disse...

Ahh, que sorte a sua poder ir a esses eventos (apesar de todos os transtornos que normalmente ocorrem)!

Sou louca pra ir ao Japão e ir a um Akushukai dar a mão pra Takamina *o* (eu sei, a fila dela deve ter um tamanho monstruoso)

Unknown disse...

pow, aproveitando o gancho do negócio de filas... sabe, as piores filas nem são desses daiakushukais, pois neles o horário é todo dividido em segmentos e o número de ingressos vendido por segmento é limitado. as filas mais cabulosas você vê nos zenkoku akushukais, onde não tem limite ou controle prévio nenhum. lembro do zenkoku do SKE, a fila da Jurina ia e voltava umas dez vezes, tinha facil umas 500 pessoas ali. .___.

Yukari disse...

Nossa! O.O

Mas então no caso, pro Daiakushukai vc comprou 10 singles??

Unknown disse...

sim, o "esquema de marketing" deles funciona desse jeito. pra conseguir um ingresso, você tem de comprar um cd... por isso você vê na net fotos de wotas com caixas e mais caixas de cds. no meu caso, eu guardei um, dei outros três de presente e o que sobrou... foi pro lixo. .____.'

Yukari disse...

Ahh, eu sabia que pra ir a esses eventos tinha que comprar o single, mas não entendia o pq desses wotas comprarem TANTOS singles o.O

Agora realmente entendi: +singles = + tickets = + tempo com a integrante/ poder dar a mão para mais integrantes

Como assim??! Vc jogou os singles fora? O.O
Podia ter dado um de presente pra mim tbm xD
Huahauahuahuahua

Mas deve ser bem comum isso aí no Japão, pq senão o que os wotas fazem com tantos singles repetidos, né?

Unknown disse...

sem falar que estes singles gekijouban, além de virem com um ingresso pra um daiakushukai, vem com uma trading photo. dependendo da integrante, a photo pode valer mais que o próprio cd (ex: cd custa mil ienes, mas junto vem uma photo da yukirin, que no mercado paralelo pode ser vendida por até três, quatro mil).

Tata disse...

Se pudesse ir no japão, enfrentaria qualquer fila so para ver Yuko...
Nesse evento e proibido tirar fotos?

Unknown disse...

tá aí uma boa pergunta... nunca reparei naqueles posts do blog com info sobre o daiakushukai (que eles postam geralmente na véspera) se tem regra de não poder tirar foto. só sei que no local não tem indicação nenhuma, porém, fora eu, num vi mais ninguém fotografando nada... até por isso tirava as fotos ali rapidinho e saia andando. ^__^'