sábado, 3 de novembro de 2012

Visitando o Toudaiji

Bom, vamos iniciar novembro fazendo finalmente o post prometido sobre a visita ao templo Toudaiji. Visitei-o na mesma rápida viagem por Nara quando passei pelo Oyamato Jinja. Enquanto o outro fica localizado na periferia da cidade de Tenri, o Toudaiji fica não muito afastado do centro de Nara, capital da provícia de mesmo nome. De carro a distância entre eles não chega a ser muito grande, cerca de quarenta minutos. Diferentemente do anterior, o Toudaiji é lotado de visitantes do mundo todo. Não é por menos: trata-se de um dos maiores e mais importantes templos do país, sede da escola Kegon de budismo. Vale dizer que o budismo possui várias vertentes (escolas), cada uma fazendo uma interpretação ligeiramente particular dos ensinos de Buda. A Kegon é uma das várias vertentes criadas na China, em contraste com, por exemplo, a escola Tendai do Sensouji, criada na Índia. (a principal vertente criada no Japão é a escola Nichiren. hoje no total são onze as escolas seguidas no país)

O Toudaiji, com seu tamanho (maior edificação de madeira do mundo) e fama, é lotado de visitantes o dia todo, todo o ano. Para abrigar tamanho movimento de gente, conta com vários estacionamentos, linhas de ônibus, muita infra-estrutura (principalmente lojas de bugigangas =P )... Tem inclusive uma "casa do turista" onde você pode se informar e receber (em inglês, se quizer) explicações sobre o templo, sua história e tals. O templo é famoso por abrigar uma gigantesca estátua em bronze do Buda Vairocana (o Buda mais importante das vertentes chinesas e japonesas do budismo). Pra quem não é muito ligado nessas coisas de crenças e história (como eu) o grande atrativo do templo são: os veados! Muuuuuuuitos veados, pra tudo quanto é lado, andando livremente pois são considerados mensageiros sagrados. (detalhe: eles são sagrados não no budismo, mas no xintoísmo. um claro exemplo de coexistência das religiões, já comentada antes)



 Nessas primeiras fotos você pode observar o parque em volta do templo, com o portal de entrada que já impressiona. Museu, lago, veados... o local pra acender incenso, maquetes (já dentro do templo) de como era o templo antigamente e claro, a grande estátua do Buda. Vale dizer aqui que os veados são aparentemente bem mansos e tranquilos (apesar de fedidos), mas... não caia na tentação de alimentá-los. Em diversos locais tem vendedores oferecendo baratinho umas bolachas de arroz pra você dar aos bichos... não faça isso. Eu fiz (quer dizer, fizeram por mim u___u ) e terminei todo sujo de baba de veado, pelas mordidas que eles me deram no corpo todo. Os bichos quando percebem que você está dando bolacha para um, vêm correndo, te cercam e... você passa bons apuros. >___< Sem falar, claro, que ninguém vai vir te ajudar, os japas vão ficar rindo de você e tirando fotos "ha ha ha olha o gaijin se fudendo ali!". u____u'


 Alguns detalhes do interior do templo, com destaques para aquela pilastra que, segundo a lenda, garante iluminação na próxima vida dos que atravessam o buraco feito nela e para a grande estátua do Bishamonten (ou Tamonten), o 'deus dos guerreiros' (um dos "sete deuses da sorte" na mitologia budista. ele é o que sempre aparece nas representações com cara de mau). Os jardins em volta, murais com imagem do templo durante uma cerimônia e mapa do complexo. Por fim, um lago cheio de carpas (e qual lago japonês num é cheio de carpas coloridas, num é mesmo?). 


 Mais veados; várias das edificações adjacentes ao templo principal (construídas ao longo dos séculos); outro lago (desta vez cheio de tartarugas ninjas); o centro comercial do bairro, a alguns quarteirões do parque; uma fonte na entrada do local; outro lago e a já referida "casa do turista". Tentei postar só as fotos melhorzinhas e até teria outras coisas a comentar, mas este post já está grande demais. ^__^' Agora vai demorar um pouquinho para outro post sobre templos... afinal eu poderia continuar essa série com fotos de templos que eu andei visitando anteriormente, mas as fotos estão temporariamente inacessíveis naquele meu HD com problema. u___u Agora, pra ficar em dia, só falta um post sobre a ida a Osaka para o show Ultra Punch. Em breve.

2 comentários:

akio disse...

vc foi um dos gaijin se fudendo com os veados? hehe

Tsu Yamato disse...

malicioso vc neh, menino. =P