segunda-feira, 4 de fevereiro de 2013

AKB47+Nonaka

E lá vamos continuar o report do daiakushukai do single UZA ocorrido neste domingo dia 3 de fevereiro. Terceiro post seguido sobre AKB neste blog. Desculpa pai, desculpa mãe, desculpa Brasil. >___< Prometo que não vai se repetir. Mas antes de prosseguir de onde eu parei, umas palavrinhas sobre os acontecimentos recentes do grupo.

Caso Minegishi. Tiraram o vídeo do ar, claro. A merda estava fedendo tanto que né. Legal como sempre falam "os fãs compreenderam o arrependimento dela e pediram pra tirarmos o vídeo". kkkkkkkk A desfaçatez dos japaneses é uma coisa inigualável, meus caros. Posso garantir. E neste caso não é diferente. Mídia no mundo inteiro reportando o caso e agora o que temos? A sub-cultura idol otaku que já era mal vista e incompreendida por milhões mundo afora... ganhou ainda mais detratores. Que beleza. Não importa discutir o onde estão erradas as pessoas que julgam e comentam por aí porque... elas não são culpadas de nada. Se você desconhece algo, é impossível mesmo tecer comentários coerentes sobre o tema. E se elas estão sendo bombardeadas com fotos e textos sobre o caso... o erro está em ter feito o vídeo, em primeiro lugar. E falando em desculpas esfarradas, nada melhor que o bom e velho Togasaki pra postar no blog oficial que "um staff tentou impedí-la de cortar o cabelo mas não conseguiu". Claro, claro. Afinal todos sabemos o como é impossível deter uma menina de 1,58 e menos de cinquenta quilos de fazer algo. Nem o Rambo poderia pará-la. O que fica de resultado é: a imagem do AKB mesmo dentro do Japão está ainda mais arranhada, como se o caso da Kasai não fosse suficiente. E no exterior, grupos idols e seus fãs são a escória da humanidade, coisa medieval que tem de ser abolida. Parabéns a todos os envolvidos.

E falando em Kasai, não procurei relatos do akushukai com ela mas... é no mínimo curioso notar que após este akushukai (que eu já havia dito que obviamente não seria "só flores") as apresentações dela no teatro esta semana foram canceladas e ela foi substituída. Que coisa não? Tem ainda a graduação da Miss Simpatia, que eu não comentei né. Bem, desculpem minha sinceridade mas eu caguei e andei pra isso. Ela ainda não anunciou quando, mas eu arrisco que será no show do Nissan Stadium. É sem dúvida uma perda e tanto pro grupo no quesito popularidade, só menor que a saída da Acchan. Mas se o grupo sobreviveu à saída da Miss Tequila, pode perder a outra miss também né. E ela está bem na fita, uma das meninas que mais faz comerciais por aí. Pode tranquilamente continuar sua carreira sozinha após a saída, como cantora modelo. Ela é talvez a melhor exemplificação do que eu chamo de uma "não-idol" ou "menina do AKB alheia à sub-cultura" que existe, então até certo ponto vejo com bons olhos sua graduação.


 Mas aí que esse post é pra falar de coisas boas. Muito boas, como pode-se ver acima. ;D Depois do showzinho graciosamente tosco do Nzero, voltei pros pavilhões do Makuhari pro primeiro encontro com ELA. Antes de mais nada eu devo dizer que reparo na roupa de todas as meninas, inclusive nas que estão nas cabines próximas e dá pra dar uma espiadinha. Nakatsuka com uma roupinha feia, parecia menino. Komori parecia que tinha ido de pijama. Tanamin, Myao e Kana com roupinhas normais... sei lá, às vezes acho que falta essas meninas capricharem mais no visual (acho que já comentei isso por aqui), até pra causar impacto e "fisgar" o fã. Sumire eu já vi diversas vezes de lolita, é um bom exemplo. A Nonaka... bem, não sei explicar direito mas eu nunca consigo prestar atenção na roupa que ela está usando. Sério. >___< Eu saio dali e penso: "caramba, que roupa ela estava vestindo mesmo? não sei". Felizmente vendo seu blog pude ter a resposta. Ela gosta destes tons meio "areia" né. Pelo menos ela não prendeu o cabelo como da outra vez, fica feio. (em tempo, vejo que ela voltou a ficar fechando os olhinhos pra tirar foto. é mais forte que ela. ^__^' )

Chego e como sempre sou recepcionado com um "wahhh ah quanto tempo!". Faz tempo mesmo. Vou tentar falar do Request Hour, mas ela me interrompe toda animada daquele jeitinho sapeca que só ela faz "ah você viu, você viu? =3 ". Eu disse que sim (mentira) mas que estava chato (verdade) até no finalzinho ela aparecer, aí ficou bom e me dei por satisfeito (xaveco básico). Ela riu. Ela aliás estava que não parava de rir (quase uma Haruka Sorriso, do NatoKan), desde antes de eu chegar. Não sei o porque, talvez o cara da frente tenha contado uma piada. .___. E sim, tinha fila. Mais uma vez ela tinha uma filazinha, não muito grande mas respeitável. Fila também tinha a Nakatsuka, não sei o porque. Não ando acompanhando direito o grupo então não sei, mas algo devo ter acontecido, impossível. A fila dela estava digna de uma 'baixo senbatsu'. =O Falo pra ela que agora no time B ela têm se dado bem com a Katayama... ela não ouviu direito e perguntou quem. Eu repito e ela "ah! sim, somos amigas". Neste momento o sorriso sumiu de seu rosto. (eu vou dizer lógico que foi porque ela sentiu ciúmes. =P ) Eu completo dizendo que aquilo me deixava muito contente porque desde longa data a Katayama é minha segunda oshimen. Ela volta a rir e agradece. Alguns segundos se passam sem nenhum diálogo porque eu não tinha planejado muita coisa pra dizer. ^__^' Neste momento sou puxado e ela fala pra voltar outra vez. Tchau.

Akushu padrão. Mas que vou dizer que foi uma maravilha porque ela é minha oshimen e eu sou parcial. =P Depois disso reencontro com o pessoal e vamos até Akihabara pra um karaoke. Sacumé, meu segundo encontro com a Nonaka seria só no início da noite. Hora de cantar um pouco músicas... do BiS, claro. ;) Ok, confesso que cantamos AKB também. Cantei até "Pera Pera Perao" do Not Yet. Ai que vergonha. Valeu porque eu pude cantar "Upper Rock". *___* Ou pelo menos uma parte da música né. *cof cof* u___u Foda que tinha pouco espaço e num deu pra fazer a coreografia. Aliás o karaoke que fomos (Pasela, a mesma franquia do prédio onde fica o teatro do Alice Juban) era bem requintado, impressionante. Mas não deu pra ficar muito tempo, infelizmente. Volto pro Makuhari. Ok, por uma boa causa:


Segundo encontro com ela. Neste horário mais tarde todas as meninas tem filas menores. Se sua fila já é pequena normalmente... Chego e ela surpresa, "você voltou! yay!". "Sim, sabe o que é... eu estava no meio do caminho voltando pra casa, mas aí pensei 'hmm está faltando algo'...". Ela ouvia atentamente com um sorriso. "Ah! já sei! seria bom ver mais uma vez o sorriso da Micha, não?! Aí eu voltei! =D ". Ela riu e falou "Que bonitinho". Neste momento eu estava gesticulando com a mão esquerda enquanto falava e ela parou minha mão e ficou segurando-a também. .___. Digo, já começando a ficar sem graça, que meu papo tem jeito de mentira (não, cê jura? =P ) no que ela ri e balança a cabeça "Não tem problema". Aí eu mais uma vez fiquei sem ter o que dizer mas ela resolveu atacar. Ela passou a mão na minha roupa e disse "Bonito...", até parar na minha barriga e apontar dizendo "Dentro! =D ", me olhando fixamente. Ela estava naquele modo sapeca dela e eu com uma cara de tacho sem entender nada. Confesso que só fui entender o sentido disso (ou pelo menos é o que eu suspeito... se alguém tiver uma interpretação melhor, por favor, me mande) já na estação de trem. >__< Acho que ela estava querendo dizer que a roupa era bonita mas o que havia por dentro era mais. (?) Sei lá. 

Só sei que ela ficou toda sapeca me olhando e eu fui ficando envergonhado. Meu tempo acaba e ela fala que eu tenho de voltar outra vez. Eu digo, engasgando, todo abobado mesmo, que com certeza voltarei. Ela ficou rindo. Droga, porque você faz isso comigo, Micha??? Porque você não me deixa logo esquecer este grupo e poder torrar dinheiro só em cds do Passpo e do Afilia? Eu aqui, querendo pensar na Nachu e você teima em não deixar. Você é cruel, Micha. .___.

E assim acaba meu daiakushukai, com eu tentando disfarçar o sorriso da minha cara enquanto ia embora. Pareço um bobo, eu sei. Isso não é problema. Duro é imaginar que meu próximo encontro com ela vai demorar porque não comprei o single seguinte, "Eien Pressure". E o "So Long!" eu mudei de idéia e decidi pegar, via 'segunda venda'. Mas só consegui descolar ingressos pra encontrar com a Katayama (vixe nem lembro quando foi a minha última vez com ela. que péssimo fã eu sou) e com a Abiru. Isso no final de maio, se estiver vivo até lá. Logo, reports de akushukais do AKB48 vão demorar a voltar a pintar por aqui. Por hora, fica o convite para o report do akushukai do SKE48 no fim de semana que vem. Só espero não me decepcionar com a Abiru, tanto ticket que tou comprando com ela... Pelo que li na net, não vou. Dizem que ela é uma das mais yasashii do grupo. Só espero também que ela esteja bem, visto que andou tendo gastroenterite (a "doença favorita" de 9 em cada 10 idols) recentemente, faltou no teatro... Mas como ela participou do akushukai ontem, creio que já deve estar melhor. Só me resta me contentar com a Abiru neste meio tempo e esperar que ela possa ocupar o espaço da Myao no meu ranking (a ser refeito em breve). Se bem que no lugar da Myao devem caber umas quatro meninas, né. =P

 "Ok, desafio aceito!"

3 comentários:

Anônimo disse...

Os Akushukais do AKB são sempre assim, tipo, uns três meses pra mais do lançamento do single? UZA foi lançado no final de outubro e Akushukai só agora xD

Tsu Yamato disse...

sim, o SKE trabalha com datas mais próximas, mas o AKB, desde que ficou "famosão" adotou este sistema de datas com bastaaaaante adiantamento, na casa dos três meses mesmo. a motivação vão falar que é o calendario apertado, mas que é um negocio arriscado é... você nunca sabe se terá folga no dia referido (bem, num dá nem pra saber se estarei empregado até lá, pra começo de conversa), nunca sabe se a garota ainda estará no grupo... =/

Anônimo disse...

Ah sim, entendi!
É complicado né, vi que vc "perdeu" os tickets da Nacchi por ela ter se graduado antes do evento...
Bom, mas deve ser bem legal ir a um evento desses....
*imaginando*